Casa Branca não vai convidar Trump para campanha de vacinação

Porta-voz deixou claro que se o republicano quiser participar, eles deixarão. Mas ele não deve esperar que a iniciativa parta de Biden

0

A Casa Branca está tentando somar esforços para a campanha de vacinação no país. A meta é convencer cada vez mais pessoas a tomarem o imunizante. Para isso, eles já montaram uma campanha de incentivo com todos os ex-presidentes, menos um.

Não é que a Casa Branca não queira Donald Trump na campanha. É que eles não estão dispostos a mandar um convite para ele. A equipe de Joe Biden diz que essa vontade teria que partir do ex-presidente e não o contrário.

“Todos os demais ex-presidentes se envolveram em campanhas de conscientização, não precisaram de um convite formal”, disse Jen Psaki, que é o porta-voz da Casa Branca. Ele seguiu dizendo que Trump deveria fazer o mesmo e se oferecer.

“Se o ex-presidente Trump acordar amanhã e decidir falar com mais clareza sobre a eficácia das vacinas, certamente estaremos a favor”, completou Psaki. Jimmy Carter, George W. Bush, Bill Clinton e Barack Obama já confirmaram participação na campanha em questão.

O Presidente Joe Biden também falou sobre o tema. De acordo com ele, a opinião de médicos e enfermeiros importaria mais do que a opinião de Donald Trump nessa campanha. Mas internamente todo mundo sabe que não é assim que funciona.

Trump e a vacina

Quando o assunto é vacina, Trump nunca foi negacionista. Pelo contrário. O republicano liberou dinheiro para a produção do imunizante e foi um dos maiores entusiastas quando a campanha começou ainda sob o seu Governo.

Imagina-se portanto que ele poderia usar a sua influência junto aos republicanos para pedir para que eles tomem a vacina. O próprio Trump já tomou o imunizante ainda quando estava morando na Casa Branca, junto com a então primeira-dama, Melania Trump.

Leia Mais: Trump foi vacinado contra a Covid-19 ainda em janeiro, diz assessor

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.