Brasil ultrapassa a marca de 157 mil mortes por Covid-19

1

Neste domingo, dia 25, às 19 horas, o Ministério da Saúde divulgou os novos dados da pandemia causada pelo novo coronavírus, a qual atingiu o Brasil em fevereiro deste ano. O boletim, Painel Coronavírus, do governo federal é atualizado todos os dias com os números da infecção pela Covid-19. Estes registros são enviados em conjunto pelas secretárias estaduais de Saúde ao Ministério, com exceção dos finais de semana, nos quais pode haver atraso no repasse. O que explica o número reduzido aos sábados e domingos, como é o caso do presente final de semana.

Casos de Covid-19 confirmados

Neste sábado, o Ministério da Saúde divulgou 13.493 novos casos de infecção pelo novo coronavírus. O Brasil possui, portanto, um total de 5.394.128 pessoas infectadas por Covid-19. A incidência, de acordo com o Painel, aumentou para 2566.8.

Óbitos confirmados

Embora o número seja menor do que os dias anteriores, isto não significa as circunstâncias atuais da pandemia no país. Tal diferença ocorre, é importante ressaltar, em virtude do envio após o horário de atualização do boletim ou de um atraso que envolva outras razões sofridas pelas Secretarias de Saúde.

Foram registrados neste domingo (25) 231 novos óbitos pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas no Brasil. As mortes acumuladas até às 19 horas desta noite domingo passaram da marca de 157 mil vítimas por Covid-19. O total é de 157.134 óbitos confirmados.

Atualmente, a pandemia no Brasil detém a maior taxa de mortalidade do mundo, com 74.8 mortes para cada 100 mil habitantes. Superior, inclusive, dos EUA, país cuja marca de óbitos é superior a de todos os outros países do mundo.

A taxa média da pandemia do país permanece em regressão, embora menor. De acordo com o painel do G1, o Brasil apresenta 17 negativos em relação aos últimos 14 dias, quando chegou a 27% negativos de redução do número de contágios. Apesar disso, a maior parte dos estados estão em condições de redução. Em relação aos últimos 14 dias, apenas o Amazonas, com 81%, e o Rio Grande do Sul, com 19%, continuam em expansão. Nos demais estados o cenário é de estabilização ou regressão.

1 comentário
  1. […] Nesta segunda-feira, dia 26, o Ministério da Saúde não divulgou os novos dados da pandemia por Covid-19 no Brasil. O boletim, Painel Coronavírus, do governo federal tem sido atualizado com os novos registros a cada 24 horas. Estes são enviados em conjunto pelas secretárias estaduais de Saúde ao Ministério, com exceção dos finais de semana, nos quais pode haver atraso no repasse. O que explica o número reduzido aos sábados e domingos. […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.