Benefícios do exercício na gestação

Confira como se exercitar é importante para mulheres grávidas

0

Sabe quando você vê alguma grávida treinando e fica em dúvida se ela realmente pode estar fazendo alguma atividade física? Se você fica em dúvida, não precisa ir perguntar para um médico, pois aqui no Brasil 123 vamos falar agora sobre os benefícios do exercício na gestação. Afinal, esses questionamentos podem gerar dúvidas em quem não entende muito bem sobre o assunto.

Para que não restem dúvidas sobre a prática de exercícios na gestação, saiba que existem recomendações médicas para que grávidas pratiquem atividades físicas e, por isso, vamos falar sobre os benefícios do exercício na gestação. Acompanhe:

Conheça os benefícios do exercício na gestação

exercícios físicos e seus benefícios para gestantes - reprodução unsplash
exercícios físicos e seus benefícios para gestantes – reprodução unsplash

A prática de exercícios físicos é uma das recomendações médicas mais conhecidas no mundo todo. Além da prevenção de doenças, tais atividades promovem a saúde do corpo como um todo.

Nesse sentido, assim como a redução da possibilidade de diversas doenças cardíacas, as atividades físicas também ajudam a melhorar a musculatura que, no caso das gestantes, está comprometida por causa do bebê que carregam na barriga.

Para estender os benefícios da prática de exercícios para as gestantes, um grupo de estudos canadense apontou que menos de 15% das gestantes praticam 150 minutos semanais de atividade física moderada e que, nos últimos dez anos, houve um aumento significativo do quadro de diabetes, hipertensão, pré-eclâmpsia e macrossomia que está ligado à obesidade das gestantes.

Por isso, a prática de exercícios na gestação é uma ótima ideia para quem busca ter uma gravidez mais saudável. Além disso, uma minimização dos efeitos causados no corpo depois do parto. Confira:

Redução da hipertensão

Como vimos, a falta de exercícios físicos fez com que gestantes desenvolvessem hipertensão. Isso é um problema muito comum em mulheres grávidas que pode levar a sérios riscos durante o parto. Portanto, fazer caminhadas leves é uma ótima ideia para reduzir a pressão arterial e proporcionar mais qualidade de vida para que o organismo suporte o parto.

Problemas respiratórios

Desde que o treino seja acompanhado de um profissional de Educação Física, a respiração pode ficar bem melhor quando se pratica exercícios aeróbicos.

Afinal, como proporciona uma respiração correta ligada ao levantamento de pesos mais leves, a prática de exercícios nesse caso pode melhorar muito a capacidade de respiração das gestantes.

Anemia

A queda de hemoglobinas do sangue pode afetar a oxigenação do feto. Portanto, saiba que atrelar os exercícios com uma boa alimentação é essencial para que você tenha mais qualidade de vida em sua gestação.

Afinal, durante a prática de atividades físicas, as pessoas promovem uma maior distribuição do oxigênio na circulação sanguínea e isso garante mais saúde para seu bebê.

Casos em que não se devem praticar exercícios na gestação

Existem alguns problemas na gestação que fazem com que você não possa praticar exercícios na gestação. Exemplo disso são: hemorragia, a pré-eclâmpsia, o crescimento anormal do feto, a tireoide e a pressão descontrolada.

Além disso, a gravidez de trigêmeos também demanda repouso e monitoramento médico. Esses casos levam à gestação de alto risco e precisam ser acompanhadas por um especialista que não permite a prática de atividades físicas.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.