Balança comercial tem superávit de US$ 8,1 bilhões em abril

Exportações somam US$ 28,9 bilhões no mês, enquanto importações alcançam US$ 20,8 bilhões; superávit acumulado no ano bate recorde

0

balança comercial brasileira encerrou abril deste ano com um superávit de US$ 8,1 bilhões. A saber, este é o segundo melhor resultado para o mês dos últimos seis anos, ficando atrás apenas do resultado de 2021 (US$ 10 bilhões). O Ministério da Economia divulgou os dados nesta quinta-feira (5).

De acordo com a pasta, o superávit em abril resulta da subtração das exportações (US$ 28,9 bilhões) pelas importações (US$ 20,8 bilhões). Aliás, a média diária de exportações cresceu 16,7% no mês, na comparação com abril de 2021. Já as importações tiveram um crescimento ainda mais expressivo nesta base comparativa, de 35,7%.

Em resumo, o país registra superávit comercial quando as exportações superam as importações. Por outro lado, quando as importações são superiores, tem-se déficit comercial

Resultado da balança comercial no acumulado de 2022

Com o acréscimo do resultado de abril, a balança comercial brasileira passou a acumular um superávit de US$ 19,9 bilhões nos quatro primeiros meses do ano. A saber, o valor representa um crescimento de 10,5% na comparação com o mesmo período de 2021, quando o superávit chegou a US$ 18 bilhão.

Vale destacar que esse é o melhor resultados para os quatro primeiros meses de um ano de toda a série histórica, que teve início em 1989. A propósito, o maior superávit acumulado entre janeiro e abril havia sido registrado em 2017 (US$ 19 bilhões).

Em resumo, as exportações somaram US$ 101,1 bilhões no acumulado de 2022, alta de 23,8% em relação ao mesmo período de 2021. Já as importações totalizaram US$ 81,2 bilhões entre janeiro e abril, crescimento de 27,6% na base anual.

A saber, o Ministério da Economia estima que a balança comercial brasileira tenha um superávit de US$ 111,6 bilhões em 2022. Na verdade, a pasta manteve a sua projeção. Caso o país consiga alcançar esta marca, será a primeira vez na série histórica que o superávit superará os US$ 100 bilhões em um ano fechado. Até agora, o maior superávit de um ano foi registrado em 2016 (US$ 61,4 bilhões).

Leia Também: Inflação do Dia das Mães é a mais alta dos últimos 19 anos no país

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.