B2W encerra 2020 com prejuízo expressivo de R$ 203,8 milhões

No quarto trimestre, companhia lucrou R$ 15,6 milhões

0

A B2W registrou um lucro líquido de R$ 15,6 milhões no último trimestre de 2020. Com esse resultado, a empresa de comércio eletrônico conseguiu reverter o prejuízo de R$ 22,3 milhões verificado no mesmo trimestre de 2019. E essa alta do lucro ocorreu, principalmente, devido ao aumento do e-commerce no país de outubro a dezembro.

No entanto, o resultado obtido no período não foi capaz de mudar o prejuízo acumulado em 2020, que chegou a R$ 203,8 milhões. Aliás, esse montante representa uma queda expressiva de 48% na comparação com o ano anterior.

Já a receita da B2W disparou 50% no último trimestre de 2020, chegando a R$ 3,3 bilhões. Da mesma forma, a receita da companhia cresceu no acumulado do ano passado (52%), somando R$ 10,1 bilhões. A saber, a receita bruta avançou 48,3% no quarto trimestre, quando comparado ao trimestre anterior, para R$ 4,16 bilhões. Por sua vez, a alta anual foi de 50,7%, alcançando R$ 12,59 bilhões.

De acordo com a B2W, o volume bruto de mercadoria foi de R$ 9,18 bilhões de outubro a dezembro de 2020. Isso equivale a um forte crescimento de 38,2% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. A subida ficou ainda maior no acumulado do ano, chegando a R$ 27,7 bilhões, ao subir 47,6%.

 

Veja mais detalhes do desempenho da B2W

Vale ressaltar que as despesas operacionais da companhia também dispararam no último trimestre do ano. A propósito, o montante alcançou R$ 760,7 milhões, o que representa um avanço de 39,7%. Nesse caso, o resultado ganhou impulso da alta de 50,5% das despesas com vendas, sem contar no crescimento de 31,3% das despesas gerais e administrativas.

Além disso, o Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado disaprou 51,7% no último trimestre, quando comparado ao trimestre anterior. Com esse aumento, o Ebitda chegou a R$ 385,7 milhões. Já o Ebitda anual aumentou um pouco mais (58,3%), para R$ 950,2 milhões.

Por fim, o endividamento bruto da B2W somou R$ 7,61 bilhões ao final de 2020. Isso representa um crescimento de 18,77%. Igualmente, a geração de caixa também disparou no último trimestre, chegando a R$ 718,4 milhões. Com isso, encerrou 2020 com caixa líquido de R$ 5,29 bilhões, valor mais de quatro vezes maior que o verificado em 2019.

 

LEIA MAIS

Ibovespa dispara no último pregão da semana, com pequeno alívio fiscal

Lucro líquido da Natura& Co chega a R$ 177,4 milhões no quarto trimestre

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.