Após morte de criança, TikTok bloqueará contas de menores de 13 anos na Itália

0

A plataforma de mídia social de compartilhamento de vídeo TikTok concordou em bloquear todos os usuários que registrarem a idade como menores de 13 anos. A decisão veio depois que uma menina de 10 anos morreu na Sicília, no sul da Itália, enquanto participava de um desafio na rede social chinesa.

O caso levou as autoridades de proteção de dados da Itália a ordenar que a TikTok endurecesse as políticas para usuários jovens. Também ordenou que a empresa bloqueie os dados do usuário quando “a idade do usuário não tiver sido determinada com certeza”.

Mudanças no TikTok

Na última quarta-feira (3), a TikTok confirmou que concordou com o pedido e estava implementando outras medidas. A empresa também informou que dobrará o número de moderadores italianos.

Leia também: Alguns usuários do WhatsApp serão bloqueados; veja o porquê

A partir de 9 de fevereiro, a plataforma informa que enviará todos os usuários da Itália novamente para um processo de verificação de idade e apenas aqueles que provarem ter 13 anos ou mais poderão continuar usando o aplicativo. Além disso, a TikTok também lançará uma função no aplicativo para permitir que membros denunciem usuários que aparentam ser menores de 13 anos.

O órgão regulador da Itália afirmou que irá monitorar a eficácia das novas medidas. A autoridade italiana havia alertado a TikTok em dezembro sobre uma série de violações, dizendo que a plataforma deu pouca atenção à proteção das crianças.

A Itália também questionou o Facebook e o Instagram sobre se as plataformas realizam verificações relevantes para proteger os usuários jovens. “A segurança das crianças deve ser protegida a todo custo”, disse Licia Ronzulli, presidente da comissão italiana para a infância e adolescência.

Leia mais: App Google Fit consegue ler a frequência cardíaca e respiração com as câmeras do celular

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.