Turquia decide vacinar todos os professores antes de retorno escolar

De acordo com o Ministério da Educação do país, a ideia é proteger todos os profissionais antes do retorno das escolas no dia 1º

0

A Turquia decidiu que vai vacinar todos os seus professores antes do retorno presencial das escolas. A decisão partiu em comum acordo entre o Ministério da Saúde e o da Educação do país. As aulas presenciais voltam no próximo dia 1º de março.

De acordo com o Ministro da Educação, Ziya Selcuk, vacinar esses profissionais seria importante para tentar protegê-los de qualquer tipo de perigo. Mas isso não deixa de ser um grande desafio para o país neste momento.

Acontece que como as aulas presenciais retornam daqui a menos de um mês no país, então eles terão pouco tempo para imunizar todos os professores. O Ministério não informou quantos professores existem na Turquia. Mas certamente não são poucos.

De acordo com o Governo, a ideia é fazer o retorno de forma diferente para grupos de alunos diferentes. Quem estuda no ensino fundamental terá um retorno mais gradual. Eles terão, no máximo, duas aulas por semana.

Já quem estuda já se preparando para os vestibulares vai passar a ter aulas em tempo integral. Nos dois caso, no entanto, o aluno poderá escolher seguir estudando de casa. Ele não vai levar falta por isso. Mas precisará comprovar que está realizando as atividades básicas.

Professores na Turquia

Também há uma pressão para que os professores ganhem prioridade no Brasil. Mas por aqui aparentemente este assunto não está evoluindo. Acontece que o Plano Nacional do Governo Federal não inclui esses profissionais na primeira fase da vacinação.

Seja como for, alguns especialistas afirmam que o momento não permite pensar na inclusão desses profissionais agora. É que o país não tem doses suficientes nem para imunizar todos os seus profissionais de saúde.

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.