Regime de PJ para médicos: Conheça as vantagens

Veja como funciona o regime de pessoa jurídica para os médicos

0

A carreira para o médico pode ser bastante independente. Após formado e com o registro do Conselho Regional de Medicina, o profissional está apto a exercer sua função, independentemente de ter ou não uma especialização.

A escolha do domínio CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica) por médicos deve ser pensado como o formato que trará a eles mais vantagens. A seguir você verá porque o CNPJ é mais indicado para esses profissionais.

Médico Pessoa Jurídica: Conheça as vantagens

Ser Pessoa Jurídica como médico tem duas grandes vantagens. Mas antes mesmo de optar por abrir um CNPJ, o profissional deve saber que essa opção é muito importante para aqueles que buscam atuar na medicina diretamente com o público (pacientes) ou ter contratos com instituições de saúde.

Como dito anteriormente, as duas principais vantagens para a Pessoa Jurídica na área da medicina são:

  • Menor carga de impostos: O modelo de formalização CNPJ possui menor carga tributária. Isso se dá pelo fato de sua remuneração ser por meio de sua Pessoa Jurídica, em conta pessoal, em parte como Pró-Labore e como distribuição de lucros – que terá uma tributação diferenciada;
  • Segurança para o contratante: A abertura do CNPJ passará para os contratantes uma visão de segurança, assim, será mais fácil de fazer negócios diretamente com a empresa do médico. Grande parte dos contratantes preferem contratar Pessoas Jurídicas porque os riscos com problemas trabalhistas serão menores. Essa visão de segurança que será passada dará ao médico maior visibilidade de contratação, visto a segurança passada.

De acordo com o portal de notícias Jornal Contábil, atualmente poucos médicos mantêm vínculo com o regime CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). E isso se dá pelo fato de que ser Pessoa Jurídica permite a ele maior flexibilidade de horários.

Como funciona o CNPJ para os médicos?

Segundo o Jornal Contábil, muitos médicos identificam a modalidade de CNPJ como tendo uma tributação sobre os rendimentos menor.

Para que um médico abra o seu CNPJ, é preciso que passe por algumas etapas. A primeira é um cálculo feito sobre o valor da remuneração como Pessoa Física e como seria para a Pessoa Jurídica. Para isso, é importante que o médico procure um contador e faça as devidas orientações.

É importante lembrar que a atuação do médico não muda. O CNPJ apenas facilitará algumas contratações e a movimentação financeira do profissional que será por meio de sua conta de Pessoa Jurídica.

 

Leia também: 5 dicas para facilitar a vida dos trabalhadores autônomos

5/5 - (1 vote)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.