Programa SuperaRJ passa de R$ 69 milhões em crédito e 5,8 mil beneficiados; veja

Confira as últimas informações sobre o benefício

0

O Governo do Estado do Rio de Janeiro lançou um auxílio, o SuperaRJ, que beneficia trabalhadores, microempreendedores e micro e pequenas empresas por meio da AgeRio.

A saber, o benefício alcançou a marca de R$ 69 milhões em financiamentos. Até o momento, os empréstimos aprovados pela Agência fomentaram os negócios de mais de 5,8 mil clientes em todo o Estado.

Programa SuperaRJ passa de R$ 69 milhões em crédito e 5,8 mil beneficiados; veja
Programa SuperaRJ passa de R$ 69 milhões em crédito e 5,8 mil beneficiados – Foto: Reprodução

Entenda o SuperaRJ

Para superar as dificuldades com a pandemia, o Governo do Estado do Rio de Janeiro criou o SuperaRJ.

Ainda mais, o auxílio emergencial vai até dezembro, com renda de até R$ 300 por mês para muitas famílias, e crédito de até R$ 50 mil para autônomos e microempreendedores.

O calendário regular para novos acessos pode ser consultado neste link.

Quem tem direito ao auxílio?

Poderá receber o benefício de renda mínima estadual:

  • Responsáveis Familiares inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais (CadÚnico), com renda familiar mensal per capita igual ou inferior a R$ 178; sem benefício de nenhum outro programa de transferência de renda ou benefício social. O cadastro do responsável familiar deve ter sido atualizado nos últimos 24 meses;
  • Os trabalhadores que tenham perdido vínculo formal de trabalho com salário mensal inferior ao valor de R$ 1.501 (um mil e quinhentos e um reais), no período da pandemia da COVID-19, a contar de 13 de Março de 2020, e estejam sem qualquer outra fonte de renda;
  • Os profissionais autônomos, trabalhadores de economia popular solidária, agricultores familiares, microempreendedores individuais, agentes e produtores culturais, aos profissionais autônomos, inclusive os agentes e produtores culturais, às costureiras, cabeleireiros, manicures, esteticistas, maquiadores, artistas plásticos, sapateiros, cozinheiros, massagistas, empreendedores sociais e os negócios de impacto social de que trata a Lei n° 8.571/2019, desde que cumpram um dos requisitos anteriores.

Cidades contempladas com o SuperaRJ

O programa já atende solicitações de 83 dos 92 municípios do Estado.

As cidades com maior número de financiamentos até o momento são:

  • Rio de Janeiro;
  • Duque de Caxias;
  • Nova Iguaçu;
  • São Gonçalo;
  • Belford Roxo;
  • Nova Friburgo;
  • Niterói;
  • Magé;
  • São João de Meriti;
  • Petrópolis.

Ainda mais, entre os principais segmentos já beneficiados pelas linhas de crédito estão: comércios varejistas de artigos do vestuário, manicures/pedicures, lanchonetes, restaurantes, cabeleireiros, costureiros e serviços de organização de feiras e congressos.

Revisão do benefício

No portal do Programa SuperaRJ consta uma nota informando que todas as pessoas que solicitaram a revisão do benefício negado ou indeferido, via Ouvidoria do Supera RJ terão os dados enviados novamente ao Dataprev para reprocessamento.

Dessa forma, tão logo o Governo do Estado receba o resultado, uma nova mensagem será disparada ao requerente.

Fonte: Governo do Estado do Rio de Janeiro

Leia também: Beneficiários do Bolsa Família receberão automaticamente o Auxílio Brasil, afirma ministro da Cidadania

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.