Depósito da 4ª parcela do auxílio emergencial acontece nesse domingo (25); confira

Parcela é depositada na Poupança Social Digital utilizada por meio do Caixa Tem

0

O calendário de depósito da 4ª parcela do auxílio emergencial está em andamento. O cronograma diz respeito aos beneficiários que não recebem o Bolsa Família. Desse modo, nesse domingo (25) a Caixa Econômica Federal (CEF) libera um novo depósito para os trabalhadores informais, desempregados, microempreendedores e mulheres chefes de família nascidos em agosto.

Confira, portanto, o calendário final de depósito da parcela e também de saque. O pagamento está acontecendo de forma simultânea ao repasse do auxílio para quem é elegível via Bolsa Família.

Depósito do auxílio emergencial vai acontecer nesse domingo (25); confira
Depósito do auxílio emergencial vai acontecer nesse domingo (25); confira – Imagem: Divulgação Estadão

Novo depósito do auxílio emergencial nesse domingo (25)

A 4ª parcela do auxílio emergencial 2021 será depositada nesse domingo (25) para nascidos em agosto. O repasse é feito somente para quem atende aos critérios de participação.

A parcela, desse modo, é creditada na Poupança Social Digital, que pode ser movimentada pelo aplicativo Caixa Tem. Dito isso, veja o cronograma restante da 4ª parcela para quem não é do Bolsa Família:

  • Nascidos em agosto – depósito dia 25/07 e saque dia 12/08;
  • setembro – depósito dia 27/07 e saque dia 13/08;
  • outubro – depósito dia 28/07 e saque dia 16/08;
  • novembro – depósito dia 29/07 e saque dia 17/08;
  • dezembro – depósito dia 30/07 e saque dia 18/08.

Para quem é do Bolsa Família, o calendário tem as datas restantes:

  • NIS terminado em 6 – recebem dia 26/07;
  • 7 – recebem dia 27/07;
  • 8 – recebem dia 28/07;
  • 9 – recebem dia 29/07;
  • 0 – recebem dia 30/07.

Dessa forma, o pagamento do Bolsa Família também será feito nas datas mencionadas, no caso de quem não teve o programa substituído.

Além disso, o calendário tem uma data única; ou seja, o dia de depósito e saque é o mesmo. Vale salientar que o valor não é pago em dias não úteis, como finais de semana e feriados.

Contudo, para ambos os beneficiários, a parcela deve ser sacada em até 90 dias após a data. No caso de quem não faz parte do Bolsa Família, esse prazo começa a ser contado após a abertura do calendário de saque.

Assim sendo, os beneficiários do auxílio podem movimentar a parcela pelo Caixa Tem, efetuando o pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone, etc.), realizar transações e muito mais já na data do depósito. Mas caso queiram aguardar a abertura do calendário de saque para ter acesso ao dinheiro em espécie, fica a critério do participante.

Veja ainda: Confira NOVIDADES sobre o calendário da quinta parcela do auxílio emergencial

Acompanhe as notícias do Brasil123, clique aqui.

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.