Caixa Tem: Solicitação de empréstimo negada; veja os motivos

Novas modalidades de crédito anunciadas têm regras para solicitação

0

Quem acompanha o Brasil 123 sabe que recentemente a Caixa Econômica Federal anunciou novas modalidades de empréstimo, e uma delas pode ser solicitada diretamente pelo Caixa Tem.

Pelas redes sociais, acompanhamos diversas declarações de brasileiros que conseguiram o crédito, mas também são muitos os relatos de usuários que têm tido resposta negativa para a solicitação.

Siga a leitura para acompanhar quais são as principais razões que podem levar a esse retorno do banco.

Caixa Tem: Solicitação de empréstimo negada; veja os motivos
Caixa Tem: Solicitação de empréstimo negada; veja os motivos – Imagem: Montagem Brasil 123

Caixa Tem e o SIM Digital

A nova modalidade é voltada para os empreendedores e o grande destaque da Caixa Econômica para a operação é que ela também inclui aqueles que estão negativados.

A saber, são duas linhas distintas:

  • Para clientes pessoa física é possível a contratação de R$ 300 a R$ 1.000, variando de acordo com a avaliação de crédito que define a capacidade de pagamento do cidadão. Apresenta taxa de juros a partir de 1,95% ao mês e parcelamento em até 24 meses, com o empréstimo contratado diretamente no aplicativo Caixa Tem;
  • Para pessoa jurídica, o valor fica entre R$ 1.500 e R$ 3.000, mas neste caso, o pedido de empréstimo deve ser feito diretamente nas agências da CAIXA. O parcelamento é de 18 até 24 meses, com taxa de juros a partir de 1,99% ao mês. Ainda mais, o microempreendedor deve ter mais de 12 meses de faturamento como MEI.

O que pode provocar a resposta negativa para o crédito?

Acompanhe algumas das situações que podem fazer com que a CAIXA negue a sua solicitação.

Falta de atualização

Em primeiro lugar, você deve ter a versão atualizada do aplicativo Caixa Tem, com a 1.57 ou superior. Depois, é preciso fazer a atualização cadastral diretamente no app. Cabe ressaltar que os documentos aceitos são RG ou CNH, e precisam ser enviados de forma legível e sem cortes, dos dois lados, ou seja, frente e verso.

Débitos existentes acima de R$ 3.000

De acordo com a Portaria MTP nº 660, de 28 de março de 2022, pessoas físicas ou MEI’s que possuem operações de crédito em bancos com valor somado total maior do que R$ 3.000, não são elegíveis para a contratação do crédito.

É importante destacar que para esse critério, não são considerados os contratos de crédito para financiamentos imobiliários e limites.

Não se enquadrar no perfil de empreendedor

A nova modalidade de crédito é voltada para empreendedores, especialmente para os pequenos negócios. Sendo assim, se o solicitante tiver a intenção de utilizar o valor do empréstimo para outros fins, a Caixa irá recusar a solicitação.

Não ter renda mínima

Em uma das mais recentes apresentações em redes sociais da CAIXA, conduzida pelo presidente do banco, Pedro Guimarães, foi dado destaque à necessidade do solicitante ter renda mínima, formal ou informal, de R$ 200 para ser elegível ao empréstimo pelo Caixa Tem.

Insistência no Caixa Tem

Muitos dos leitores do Brasil 123 indicam nas nossas redes sociais que conseguiram a aprovação do empréstimo pelo aplicativo Caixa Tem após a quinta, sexta ou até mesmo sétima tentativa.

Dessa forma, vale a dica de não desistir na primeira tentativa.

Veja ainda: Auxílio Brasil permanente: Valor de R$ 400 passou na Câmara, e agora?

5/5 - (2 votes)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.