Buscas por passagens aéreas para o exterior disparam

Entre fevereiro e abril, busca de passagens aéreas para cidades internacionais saltou até 701%; preços chegaram a subir até 48%

0

Com a redução das medidas restritivas devido à Covid-19, que afetaram fortemente o planeta nos últimos anos, a busca por passagens aéreas disparou no país. Aliás, o crescimento da procura por passagens para cidades internacionais foi bem maior do que os preços, que também avançaram nos últimos meses.

De acordo com o buscador de viagens Kayak, a busca por passagens aéreas disparou 701% para Buenos Aires, maior avanço no período. Por outro lado, o preço médio das passagens para a capital argentina tiveram o menor crescimento entre fevereiro e abril, de apenas 8%, para R$ 1.767.

O buscador também revelou que muita gente buscou passagens para Londres, cuja procura disparou 489%, e Lisboa, com alta de 442%. Em ambos os casos os aumentos dos preços foram bem menos intensos, de 41% e 39%, respectivamente. Assim, o preço médio da passagem chegou a R$ 5.432 para Londres e a R$ 5.488 para Lisboa.

Passagens para Miami têm maior alta no período

O buscador Kayak também revelou que o destino que ficou mais caro nos últimos três meses foi Miami. Em resumo, o preço médio das passagens para a cidade norte-americana saltou 48%, para R$ 3.861. Já a busca no período cresceu 412%.

A saber, o leve avanço no preço médio das passagens para Buenos Aires ajudou a impulsionar as buscas para a cidade. Aliás, todas as outras cidades internacionais pesquisadas tiveram um avanço superior a 30% no preço entre fevereiro e abril e figuraram entre os locais mais procurados pelos brasileiros.

Vale destacar que a pesquisa analisou os preços e buscas por passagens aéreas de ida e volta entre 1º de abril e 18 de abril, na comparação com o mesmo período de fevereiro. Inclusive, o adiamento do Carnaval para abril impulsionou os números, com muita gente preferindo fugir da maior festa popular do mundo.

Leia Também: Confira o valor médio do seguro dos carros mais vendidos em março

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.