Auxílio Brasil: Parcela de R$ 1.000 já está liberada? Veja quem recebe

Benefício complementar do Auxílio Brasil com parcela extra

0

Como veiculado aqui no Brasil 123, na próxima semana teremos o início de uma nova rodada do Auxílio Brasil. A saber, será a sétima parcela do programa social que substitui o extinto Bolsa Família.

Diante dessa proximidade, os beneficiários da parcela de R$ 1.000 buscam por informações sobre esse novo pagamento.

Vale destacar que são cerca de 3 mil pessoas contempladas com esse valor extra de R$ 1.000. Siga a leitura para ter mais detalhes.

Auxílio Brasil: Parcela de R$ 1.000 já está liberada? Veja quem recebe
Auxílio Brasil: Parcela de R$ 1.000 já está liberada? Veja quem recebe – Imagem: Montagem Brasil 123

Abono de R$ 1.000 do Auxílio Brasil

Para quem não está familiarizado, o Programa Auxílio Brasil é composto de benefícios do chamado núcleo básico, composto por: Benefício da Primeira Infância, Benefício Composição Familiar e Benefício de Superação da Extrema Pobreza.

Além destes, existem ainda os benefícios complementares, e um deles é a Bolsa de Iniciação Científica Júnior.

Este benefício tem o objetivo de incentivar os estudantes a se dedicarem e a desenvolverem potencialidades na ciência, contribuindo para a melhor integração ao ambiente escolar e à elevação da autoestima, além da profissionalização na área.

Vale lembrar que o primeiro repasse foi realizado em dezembro de 2021, quando cerca de 3.000 estudantes receberam a primeira de 12 parcelas no valor de R$ 100. Além disso, a família do estudante também teve o repasse da parcela única anual de R$ 1.000. Basicamente, esse é o mecanismo deste benefício.

Em adição, é importante ressaltar que os familiares devem manter os dados atualizados no Cadastro Único para garantir o enquadramento e permanência no programa.

Quais são as competições credenciadas?

Antes de tudo, cabe informar que o pagamento da parcela mensal é executado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), com a transferência de recursos do Ministério da Cidadania, conforme regulamento estabelecido no Decreto nº 10.866.

Já a parcela única anual de R$ 1.000 é paga diretamente pelo Ministério.

Por fim, saiba que os pagamentos são baseados em competições credenciadas, que recebem apoio, de qualquer natureza, do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, e que foram lançadas em 2020.

Segundo o CNPq, foram 15 as Olimpíadas Científicas:

  • IX Olimpíada Brasileira de Neurociências – OBN;
  • IV Olimpíada Brasileira de Cartografia: Ciência e Arte – OBRAC;
  • Olimpíada Brasileira de Robótica 2021 – OBR;
  • 5ª Olimpíada Nacional de Aplicativos – ONDA;
  • Olimpíada Brasileira de Soluções Sustentáveis para Água e Energia – OBSSAE;
  • 3ª Olimpíada Científica Nacional sobre Oceanos e Ambientes Polares and 3rd Hackathon for New Technologies for Marine and Polar Research;
  • Olimpíada Brasileira de Matemática – OBM;
  • IPhCO – Olimpíada Internacional de Física e Cultura – FASE NACIONAL;
  • 24ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica OBA;
  • 10ª Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas – OBFEP;
  • 11ª Olimpíada Brasileira de Agropecuária – OBAP;
  • Olimpíada de Matemática dos Institutos Federais – OMIF;
  • Olimpíada Brasileira de Informática 2021 – OBI;
  • Programa Nacional Olimpíadas de Química – OBQ;
  • XVII Olimpíada Brasileira de Biologia – OBB.

Leia ainda: O que pode provocar a exclusão do Auxílio Brasil? Veja quem corre o risco

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.