3 ETFs para investir fora dos mercados tradicionais

0

Se você quer diversificar os seus investimentos, provavelmente já deve ter ouvido para dolarizar a sua carteira. Contudo, existe outras formas de diversificar, comprando índices e ativos de mercados fora do Brasil e até mesmo dos Estados Unidos. A principal forma de fazer isso é por ETFs, que possuem fácil acesso, baixo custo e alta diversificação.

Por isso, hoje vamos abordar 3 ETFs que você pode usar para diversificar os seus investimentos fora dos mercados tradicionais. Para isso, especialistas sugerem que você não invista muito nesses mercados, buscando ter, no máximo, 10% da sua carteira de investimentos nesses três ativos.

Por que investir em mercados diferentes?

Todo investidor que quer ganhar dinheiro no mercado financeiro precisa, invariavelmente, investir fora do Brasil. Isso porque o Brasil é um país emergente, o que traz um risco relevante para a sua carteira. Por outro lado, os Estados Unidos também podem passar por dificuldades. Nessas horas, outros países podem se destacar no mundo. Por isso, ter ETFs deles pode trazer lucros em cenários de prejuízos.

Atualmente, existem diversos mercados fora de Brasil e Estados Unidos que se destacam na economia do mundo. Dentre esses mercados, o asiático e o europeu são referências em economia e possuem ETFs na bolsa brasileira. Enquanto a Europa dificilmente passa por crises econômicas, com exceção de hoje em dia, a Ásia é o principal ponto de produção do planeta Terra. Na Ásia, existem outras potências além da China. Um dos exemplos é Taiwan, que é uma potência na produção de eletrônicos do mundo. A Coréia do Sul também é referência no mundo, sendo a sede de gigantes, como Samsung, Hyundai, entre outras.

Por isso, é fundamental que você globalize a sua carteira de investimentos, colocando diversos países nela. Com isso, você diminui o risco dos seus investimentos, aumenta as chances de lucro e pode, até mesmo, superar os principais índices do Brasil e do mundo.

ETF
Foto: Reprodução

3 ETFs para investir ainda hoje

Os ETFs são a melhor forma de investir fora do Brasil. Com eles, você consegue comprar uma grande quantidade de ações, sem que precise ficar escolhendo uma a uma e, pior, acompanhando os resultados financeiros das empresas. Por isso, vamos dar dicas de produtos que ficam na Europa e também na Ásia para você investir.

O primeiro ETF recomendado é o XINA11. Isso porque ele investe na China, que é a segunda maior economia do mundo. Apesar disso, poucas pessoas investem no país por conta do medo em relação ao conflito comercial com os Estados Unidos. Contudo, quem tem Estados Unidos e China na carteira sairá vencendo sempre.

O segundo ETF recomendado é o EURP11. Com esse ativo, você investe nos principais índices e nas principais empresas da Europa. Atualmente, ela é um polo de tecnologia e é sede de gigantes do mundo, como a Unilever e Johnson & Johnson. Além disso, por ser um mercado seguro, ele é comumente procurado quando as coisas não vão bem no Brasil.

Por último, abordaremos um ETF de um mercado bem fora dos principais mercados do mundo. Estamos falando de Taiwan, que é referência em tecnologia. Para investir no país, basta comprar o ativo BEWT39 na sua corretora. Ao fazer isso, você estará exposto aos rendimentos das principais empresas do país.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.