Exportações de carne bovina batem recorde em 2020, aponta Abrafrigo

O ano acumulou 2,016 milhões de toneladas enviadas ao exterior

0

O ano de 2020 rendeu uma taxa recorde às exportações de carne bovina do Brasil. A saber, houve o envio de 2,016 milhões de toneladas para o exterior, o que representa um acréscimo de 8% na comparação com o ano anterior. Aliás, a Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo), resposável pelo levantamento, divulgou as informações nesta sexta-feira, dia 8. 

Além disso, a Abrafrigo também informou que as receitas com os embarques do produto, tanto in natura quanto processado, cresceram 11% em relação a 2019. Dessa forma, atingiram o valor de US$ 8,4 bilhões. A saber, as informações vieram de uma compilação de dados junto à Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

 

Relação do Brasil com a China 

De acordo com a Abrafrigo, os expressivos embarques realizados para a China impulsionaram o resultado alcançado em 2020. “A China, através de suas importações pelo continente e pela cidade estado de Hong Kong, foi a grande responsável por este crescimento”, destacou a Abrafrigo em comunicado. Em resumo, o país asiático figurou como o destino de 58,6% do volume exportado pelo Brasil e de 60,7% da receita obtida com os embarques.

Para ser mais exato, a China importou 1,18 milhão de toneladas de carne bovina no ano passado. A avaliação da mercadoria chegou a US$ 5,1 bilhões, segundo a Abrafrigo. Completanto o top três ficaram o Egito, que adquiriu 127.953 toneladas, e o Chile, responsável por 90.403 toneladas. Contudo, em ambos os países, houve recuo de 23% e 18,2%, respectivamente, da importação de carne bovina brasileira.

 

Previsão de exportações para 2021

Por fim, a Abrafrigo projeta um crescimento de 5% nas exportações de carne bovina do Brasil em 2021. A associação espera que a melhora na situação econômica mundial impulsione a retomada de consumo fora de casa. “A Abrafrigo espera a manutenção do ritmo comprador da China e alguma elevação nas importações por parte dos países da União Europeia, países árabes e de novos mercados”, finalizou a entidade. 

 

 

LEIA MAIS

Todas as grandes categorias econômicas do setor industrial recuam em 2020

Dólar sobe novamente e encerra semana com ganhos de 4,32%

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.