Bolsa Família: Quando chegará o novo programa?

Confira as últimas novidades do benefício

0

Com a prorrogação do auxílio emergencial confirmada pelo presidente Jair Bolsonaro nesta segunda-feira (5) por meio de decreto, tivemos oficializadas 3 novas parcelas para o benefício, levando os pagamentos até outubro. Para as parcelas, será mantido o mesmo valor, com créditos de R$ 150 a R$ 375 de acordo com a composição familiar.

Em relação ao novo Bolsa Família, o ministro da Economia, Paulo Guedes afirmou: “O ministro Queiroga prevê que em mais uns três meses o Brasil tenha um controle epidemiológico. O auxílio emergencial vai até lá, e aí aterrissamos no Bolsa Família, que o presidente também já determinou que tem que ter um valor substancial para proteger a população mais frágil”.

Sendo assim, ficamos com uma nova data para a chegada do novo programa, para o mês de novembro, mesmo mês citado pelo ministro da Cidadania, João Roma quando fez a sua projeção após a prorrogação do auxílio: “Já em novembro entraremos com um novo programa social do governo, fortalecido e ampliado, para que os brasileiros possam também avançar cada vez mais não só com o suporte do Estado brasileiro para essa situação de vulnerabilidade, mas que ele possa vencer e avançar na sua situação e na sua qualidade de vida”.

Qual será o novo valor?

O valor do novo Bolsa Família ainda não foi divulgado pelo governo, mas já tivemos alguns indicativos. Em junho, em entrevista à SIC TV, afiliada da Record TV em Rondônia, Bolsonaro anunciou que o benefício seria de, em média, R$ 300. Porém, no início das divulgações do programa, as informações eram de que o valor ficaria aproximado ao valor médio pago no auxílio emergencial, ou seja, R$ 250.

Diante disso, não se pode afirmar qual será o novo valor do programa, visto que no anúncio da prorrogação do auxílio emergencial, o presidente Bolsonaro ainda reforçou que estão acertando o novo valor.

4ª parcela do auxílio para inscritos no Bolsa Família

Quando foi realizado o anúncio da antecipação da 3ª parcela, o presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, afirmou que o mesmo ocorreria para parcela seguinte. Entretanto, ele enfatizou que mesmo quando fosse divulgada a antecipação, ela não incluiria os beneficiários do Bolsa Família.

Sendo assim, as datas para o pagamento da 4ª parcela para os inscritos no Bolsa Família seguem conforme calendário que já foi divulgado:

  • NIS terminado em 1: dia 19 de julho;
  • NIS terminado em 2: dia 20 de julho;
  • NIS terminado em 3: dia 21 de julho;
  • NIS terminado em 4: dia 22 de julho;
  • NIS terminado em 5: dia 23 de julho;
  • NIS terminado em 6: dia 26 de julho;
  • NIS terminado em 7: dia 27 de julho;
  • NIS terminado em 8: dia 28 de julho;
  • NIS terminado em 9: dia 29 de julho;
  • NIS terminado em 0: dia 30 de julho.

Confira ainda: Auxílio Emergencial: Quer saber como usar o Pix para movimentar o benefício? Veja aqui

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.