Auxílio Brasil pago com valor menor do que o Bolsa Família será compensado; entenda

Confira as informações sobre o novo programa social

0

O novo programa social, Auxílio Brasil, contempla o pagamento do chamado ‘Benefício Compensatório de Transição’, concedido para famílias beneficiárias do Bolsa Família que apresentarem redução no valor total dos benefícios quando da migração entre os programas.

Em resumo, o pagamento será aplicado enquanto a família for beneficiária e não alcançar o mesmo valor financeiro que possuía no Bolsa Família.

Auxílio Brasil pago com valor menor do que o Bolsa Família será compensado; entenda
Auxílio Brasil pago com valor menor do que o Bolsa Família será compensado; entenda

Benefício Compensatório

É um valor complementado na parcela mensal, pago no limite de um benefício por família. Será mantido nos meses de pagamentos até que o valor recebido no Auxílio Brasil seja igual ao valor recebido no Bolsa Família, ou até que a família não se enquadre mais nos critérios de elegibilidade.

A saber, para o cálculo da compensação, será considerado o valor total do Bolsa Família no mês anterior à extinção do programa, ou seja, falamos do mês de outubro.

Vale destacar que o Benefício Compensatório de Transição será encerrado quando:

  • O valor total dos benefícios do Auxílio Brasil ficar igual ou maior do que o valor recebido pela família no Bolsa Família;
  • A família deixar de atender os critérios de elegibilidade do benefício;
  • Quando a família deixar de atender os critérios de permanência no Auxílio Brasil.

Ainda mais, a revisão do valor do benefício será realizada a cada 6 meses, e a revisão de elegibilidade para receber o auxílio será realizada mensalmente.

Primeiro calendário do Auxílio Brasil chega ao fim

Para quem não acompanhou, saiba que os pagamentos do Auxílio Brasil começaram no dia 17 de novembro e nesta terça-feira (30), contempla o último grupo de beneficiários, sendo aqueles com Número de Identificação Social (NIS) com dígito final 0.

De acordo com o Ministério da Cidadania, neste primeiro mês foram contempladas mais de 14,5 milhões de famílias, que receberão um total de mais de R$ 3,25 bilhões, com um valor médio de crédito de R$ 224,41 por família.

Veja também: Cadastro Único: Saiba como emitir comprovante da inscrição

4.5/5 - (4 votes)
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.