Jeep se nega a abandonar o nome “Cherokee” em seus carros

A fabricante Jeep vai continuar utilizando o nome Cherokee em seus carros e a polêmica ganha novas informações quentes

1

A polêmica do uso do povo Cherokee nos carros da Jeep ganhou um novo capítulo nesses últimos dias. Dessa forma, após novas conversas entre o líder do povo indígena e a fabricante de carros o nome vai se manter e a diplomacia também

No entanto, uma acusação grave aconteceu contra a revista car and driver e o Brasil 123 carros te conta os detalhes.

Jeep vai manter o nome Cherokee de forma respeitosa

Aqui podemos ver dois exemplares da Grand Cherokee 2021 e o novo vai se manter assim para o futuro. No entanto, a atitude da marca foi louvável e garantiu que a diplomacia vencesse nesse assunto. (Foto: motor1.uol.com.br)

Na última vez que conversamos sobre esse assunto a revista car and driver tinha publicado uma matéria onde a mesma dava voz ao povo indígena Cherokee. Nessa matéria a revista mostra a indignação dos índios de ver o novo do seu povo estampado em carros.

Dessa forma, a Jeep entrou em contato com o líder do povo Cherokee, Chuck Hoskin Jr, para tentar resolver o problema e a estratégia funcionou. Portanto a marca vai continuar usando o nome e abriu as linhas de conversação entre a marca e os índios.

No entanto, outra revista procurou Chuck para comentar o assunto e o mesmo acusou a revista car and driver de manipular as suas palavras. Segundo Hoskin, o conteúdo do artigo devia ser somente a opinião do povo e não uma acusação grave.

Por fim, o líder afirmou que marca vai continuar usando o nome mas que agora possui uma conversa muito saudável com a empresa.

Brasil 123 carros.

Fonte: Motor 1

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.