Viúva de MC Kevin afirma que perdoaria o cantor por tê-la traído: “Queria ele vivo”

Antes de morrer, em maio deste ano, o cantor de 23 anos estaria traindo Deolane com uma garota de programa

0

Deolane Bezerra, viúva de MC Kevin, abriu o jogo em entrevista ao podcast Podpah, na última quinta-feira (29), sobre a traição do funkeiro. Kevin faleceu após cair do 5º andar de um hotel no Rio de Janeiro, no dia 16 de maio, e estava acompanhado de uma garota de programa na ocasião, com quem teve relações sexuais.

Drica Moraes compara saída de ‘Império’ com desistência de Simone Biles: “Me identifiquei”

Bastante emocionada, ela diz que perdoaria o noivo por tê-la traído, já que a única coisa que queria é que Kevin estivesse vivo: “Digo e repito, o que é uma traição perto de uma morte? Eu queria que ele estivesse vivo. Se eu ia perdoar para estar junto com ele ou para seguir minha vida, eu não sei. Mas com certeza ele teria o meu perdão, porque eu tenho essa virtude. A única coisa que eu queria era ele vivo e eu não vou mais ter isso, então porque eu vou destilar veneno ou falar mal dele?”.

“Com 23 anos, ele tinha a responsabilidade de carregar uma família nas costas. Eu nunca vou falar mal dele e por onde eu for vou fazer ele ser lembrado”, finaliza a advogada criminalista.

Deolane diz que Kevin escreveu diversas músicas para ela

Entre idas e vindas, o casal, com 10 anos de diferença, planejava se casar antes da morte repentina de MC Kevin. A advogada, que já é mãe, diz que tinha certeza da pureza dos sentimentos do cantor, já que ele sempre a homenageou em letras de música.

“Tudo o que a gente vivia ele reportava em música. Às vezes ele falava assim: ‘Você não vê o tanto que eu te amo? Ouve as letras, Deolane. É que você não ouve as letras, Dona. Minha alma falta sair do corpo quando eu estou longe de você”, diz Deolane, citando a música ‘Doutora 3’ que foi em sua homenagem.

Durante a entrevista, Deolane ainda aproveitou para enaltecer o ex-Presidente Lula, de quem ela é fã absoluta: “Papai, ai meu Deus do céu, eu amo aquele velho demais. Me julguem, eu gosto dele. É o pai que eu não tive. Eu sou nordestina e ele é também, lá do mesmo lugar de Pernambuco”.

 

Veja também: Drica Moraes compara saída de ‘Império’ com desistência de Simone Biles: “Me identifiquei”

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.