Vasco arranca empate nos acréscimos contra o Náutico em casa pela Série B

Time visitante está com 24 pontos, enquanto os cruzmaltinos estão com 19

0

O Vasco arrancou empate por 1 a 1 nos acréscimos contra o Náutico na tarde deste domingo (18), no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, na continuidade da 12ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com o resultado, a equipe da casa, comandada pelo técnico Marcelo Cabo, está em sétimo lugar, com 18 pontos, dois atrás do G-4.

Enquanto isso, o time pernambucano, do técnico Hélio dos Anjos, fecha rodada na liderança, com 26 pontos e ainda único invicto do torneio.

Agora, na próxima rodada, o time vascaíno volta a jogar na quarta-feira (21), quando visita o CSA, a partir das 21h30, no estádio Rei Pelé, em Maceió.

Por sua vez, o Timbu joga no mesmo dia e horário, quando recebe o Brasil de Pelotas, no estádio dos Aflitos, em Recife.

O jogo

Em campo, o Náutico, mesmo fora de casa, teve um início de jogo melhor, tomando as iniciativas dentro de campo.

Assim, logo no primeiro minuto, Marciel recebeu a bola na área, desviou de cabeça e mandou ao lado do gol, com perigo.

Em seguida, aos 5min, nova chegada do Timbu, em lance que o goleiro Alex Alves saiu e fez a defesa com tranquilidade.

Contudo, o Vasco conseguiu chegar aos 16min e chegou a fazer 1 a 0 com Cano, mas Pec, na origem da jogada, estava em posição irregular.

Em seguida, aos 18min, Jean Carlos recebeu cabeceou livre e Vanderlei fez grande defesa.

Melhor em campo, o Náutico abriu o placar aos 32min. Jean Carlos levantou bola na área e Vinícius, de cabeça, desviou para o gol: 1 a 0.

Um minuto depois, com Jean Carlos, o Timbu quase ampliou, mas o goleiro Jean espalmou.

Outra chance dos pernambucanos veio aos 39min, com Matheus Trindade, mas o goleiro novamente mandou para escanteio.

Assim, os dois times foram para o intervalo com vantagem parcial do time do Náutico.

Segundo tempo

Na etapa final, o Vasco voltou diferente, com mais volume de jogo para tentar o empate, embora ainda tivesse muita dificuldade.

A primeira boa chance veio aos 6min, com Léo Jabá, que finalizou e a bola passou tirando tinta do gol.

Outra chegada veio com Andrey, aos 13min, quando mandou por cima do gol do goleiro do Náutico.

No entanto, o Náutico também chegava e, aos 16min, Kieza cabeceou e Vanderlei espalmou para escanteio.

O tempo foi passando, o gol de empate não saía e, aos 27min, Juninho e Castán, ambos do Vasco discutiram de maneira mais forte.

Mas, aos 46min, Morato marcou o gol de empate, que aliviou um pouco a pressão.

Leia também: Fórmula 1: em corrida espetacular, Hamilton vence e encosta na liderança

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.