União Brasil não vai mais integrar a 3ª via; entenda

A avaliação do presidente do União Brasil é que o partido tem recursos e tempo de televisão suficientes para lançar uma candidatura independente

0

O partido União Brasil anunciou nesta quarta-feira (04) que não vai mais integrar a “terceira via”, criada com o intuito de acabar com a polarização eleitoral em torno dos nomes do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e do presidente Jair Bolsonaro (PL) na disputa pelo Palácio do Planalto neste ano.

Antes da desistência, o presidente do União Brasil, o deputado Luciano Bivar, estava entre os cotados para ser o representante do grupo. Agora, a cúpula conta com apenas dois nomes: a senadora Simone Tebet (MDB) e o ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB).

De acordo com informações do portal “UOL”, a avaliação de Luciano Bivar é que o partido tem recursos e tempo de televisão suficientes para lançar uma candidatura independente. Ainda conforme ele, a legenda esperou “até o último momento” para ver se conseguia criar uma aliança em prol da terceira via.

“No entanto, outros partidos não tiveram a mesma unidade que tem o União Brasil. Em função disso, não restou outra alternativa a não ser sair com uma chapa pura”, disse o líder do partido. Ainda segundo o “UOL”, reservadamente, uma fonte envolvida nas negociações entre o União Partido, MDB e PSDB, afirmou que, agora, a tendência é que João Doria seja o nome da terceira via. “Game over. Agora é com João Doria”, teria dito.

De acordo com Junior Bozella (União Brasil), a saída de seu partido da cúpula teve como um dos fatores principais a ala pró-Lula no MDB. Outro fator que deixou a legenda descontente foi o choque interno observado no PSDB, que estava dividido, pois parte da sigla queria indicar o ex-governador Eduardo Leite (PSDB) ao invés de João Doria, que foi quem venceu as prévias tucanas.

“O consenso é que o União Brasil tem condições de ter candidaturas viáveis à Presidência da República assim como teríamos dentro do bloco”, disse o deputado Junior Bozzella.

Novo partido na terceira via

Por fim, a informação é que, com a saída do União Brasil, o Podemos possa fazer parte do grupo. Por conta disso, existe a expectativa de que o partido lance o general da reserva do Exército Carlos Alberto dos Santos Cruz como pré-candidato, propondo uma aliança com o grupo. O nome principal da terceira via deve ser anunciado no próximo dia 18 de maio. Antes disso, haverá uma reunião entre os dirigentes dos partidos que integram o bloco.

Leia também: Capa da revista ‘Time’, Lula  diz que Zelensky, presidente da Ucrânia, é ‘tão responsável pela guerra quanto Putin’

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.