Transtorno de Ansiedade de Separação: como ajudar seu filho

Muitas crianças sofrem com ansiedade ao se separarem dos pais por algum motivo. Saiba mais sobre o Transtorno de Ansiedade de Separação

0

O Transtorno de Ansiedade de Separação é muito mais comum do que se pode pensar. E ele acontece com as crianças especialmente na fase na qual elas precisam separar-se dos seus cuidadores (que a maioria das vezes é a mãe e o pai) por mais tempo. Por exemplo, quando devem iniciar a sua vida escolar.

Comissão aprova projeto que dá prazo de 30 dias para pagamento do salário-maternidade

E não só as crianças sofrem com o transtorno, como os pais também sentem-se mal por ver a ansiedade dos filhos com relação à separação. Conheça, então, mais sobre o Transtorno de Ansiedade de Separação que acomete as crianças e saiba como lidar com ele, lendo o artigo abaixo.

O que é o Transtorno de Ansiedade de Separação

Quando a criança sofre com o Transtorno de Ansiedade de Separação, ela começa a fantasiar que, quando separada do seu cuidador, algo horrível pode acontecer com ele. Ou seja, ela imagina que algo acontecerá e a impedirá de encontrar-se com seu cuidador de novo e para sempre.

E isso gera um medo muito grande e uma sensação forte de ansiedade, que algumas vezes pode vir acompanhada de sensações físicas, além das psicológicas. E alguns desses sintomas são os típicos de uma crise de ansiedade: suor frio, palpitações, tremedeira, falta de ar, dentre outros.

Quando uma criança apresenta esse transtorno, os pais devem ficar atentos, para que ele não piora a longo prazo se tornando um grande problema. Isso porque ela começará a ter problemas de saúde como dores de barriga, enxaqueca, ou outros.

Continue lendo este artigo para saber como lidar com uma criança que sofre com o Transtorno de Ansiedade de Separação.

Amamentação: veja porque dói e como fazer para aliviar a dor

Não impeça a criança de passar pela situação desconfortável

Se você é pai ou mãe de uma criança que sofre com este transtorno, provavelmente ficará tentado a evitar que seu filho passe pela situação que o deixa desconfortável. Entretanto, este não é o melhor caminho uma vez que vocês não poderão estar juntos o tempo todo.

Por isso, ensine a criança a passar pela situação de uma maneira mais leve, mostrando os pontos positivos de estar na escolinha com outras crianças, por exemplo. Aos poucos, ela compreenderá que nada te acontecerá e que ela pode se divertir sem a sua presença.

Os sintomas da ansiedade passam

Ensine a criança que, se ela relaxar, os sintomas que ela tem com a ansiedade passarão em poucos minutos. Por isso, ela não precisa ficar preocupada. Basta fazer alguns exercícios de respiração, pensar nas coisas que ela gosta e ter paciência.

Leve a criança a um psicólogo

Muitas vezes apenas a tenção dos pais e as tentativas de boa vontade não são suficientes para a melhora da criança. Nesses casos, leve-a para um psicólogo porque este profissional avaliará os motivos que levam a criança a sentir o que sente e, dessa forma, será mais fácil aliviar suas crises.

Maternidade e home office: Veja como conciliar

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.