Torcedor do Santos respira aliviado e Carille já pensa em Sul-Americana

Afinal de contas, o Peixe foi a 45 pontos, subiu para 11º lugar e abriu momentaneamente oito pontos de vantagem para o Bahia

0

O torcedor santista dormiu aliviado na noite desta quinta-feira (25) depois da importante e providencial vitória por 2 a 0 sobre o Fortaleza pelo Campeonato Brasileiro.

Afinal de contas, o Peixe foi a 45 pontos, subiu para 11º lugar e abriu momentaneamente oito pontos de vantagem para o Bahia, primeiro time dentro do Z-4, embora o Tricolor de aço ainda tenha dois jogos a menos.

De qualquer maneira, o time comandado pelo técnico Fabio Carille, mesmo sem ser brilhante, já atingiu a ‘pontuação mágica’ para fugir do rebaixamento, embora esse número não seja 100% garantido.

Agora, o Peixe tem mais três partidas pela frente na competição nacional, incluindo um jogo complicado já neste domingo (28) contra o Internacional, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, a partir das 19h.

Depois da partida, o técnico Fabio Carille falou sobre o jogo e ressaltou que os 45 pontos realmente ainda não foram suficientes para evitar a queda.

Mas, em tom otimista, já começa a projetar até uma vaga na Copa Sul-Americana no ano que vem.

“Falta muito pouco para conseguir nosso objetivo. Vamos buscar mais pontos e agora começo a sonhar com uma Sul-Americana. Com 45, matematicamente ainda não estamos livres”, afirmou.

Depois, falou sobre como pegou o time e sobre como está agora.

“Do jeito que chegamos e assumimos o grupo não tenho do que reclamar. Só elogiar a postura desses caras no dia a dia. Mais um jogo de superação, precisamos entender limitações e trabalhar em cima delas. Fazer o grupo entender as dificuldades e jogar em cima delas. Satisfeito com o que está acontecendo”, disse.

Santos e o futuro de Carille

No entanto, na entrevista coletiva, o técnico disse que ainda não pensou sobre o futuro, embora tenha contrato até o final de 2022.

“Não pensei sobre isso. Estou totalmente envolvido com 2021. Muitos me chamaram de louco, conversei com muitos, vim com a cabeça boa para assumir o Santos, sabendo dos problemas, das dificuldades, das mudanças em 11 meses em relação à Libertadores 2020”, disse.

Logo, ele focou na temporada atual. “Estou pensando em 2021. Muito mais aliviado. Quem sabe daqui uns dias, o Santos começa a projetar 2022 e assim a gente deixa para os próximos dias”, finalizou Carille.

Leia também: Sylvinho lamenta derrota e valoriza o goleiro Cássio após a falha no primeiro gol

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.