Stellantis: Entenda as consequência da Fusão entre FCA e PSA

A Stellantis é a mais nova empresa do ramo automotivo que nasceu da fusão entre a Fiat Chrysler e o grupo PSA e ela já enfrenta decisões difíceis de tomar

0

O mundo automotivo funciona como um tabuleiro de xadrez onde todas as marcas buscam fazer a melhor jogada para se manter vivas e lucrando. Dessa forma, a Fiat Chrysler Automobiles e o Grupo PSA optaram por se juntar e criar uma nova empresa chamada Stellantis e ela será a quarta maior empresa do ramo no mundo.

No entanto, uma fusão dessa magnitude, que envolve 14 fabricantes de carros, visa aumentar a competitividade das empresas contra as outras gigantes do mercado.

Para aumentar a competitividade é necessário investir o seu dinheiro de maneira inteligente e deixar de “jogar dinheiro fora”. Nesse processo algumas marcas que não estão dando muito lucro podem sumir e hoje o Brasil 123 carros está aqui para te contar quais são elas.

Criação da Stellantis pode extinguir marcas antigas

A Stellantis será a mais nova gigante do mercado e nasce da junção de duas empresas com alcance global. No entanto, as duas marcas buscam unir forças para continuar vivas no jogo desse mercado cada vez mais competitivo. (Foto: sunoresearch.com.br)

Primeiramente, os líderes da Stellantis afirmou que deve manter todas as marcas que estão envolvidas na negociação. Seriam 14 marcas mas, por detalhes de contrato, a Ferrari ficou de fora da negociação.

No entanto, a imprensa especializada está começando a levantar informações que apontam para a extinção de algumas marcas. As “favoritas” seriam Chrysler e a Lancia por conta da sua pouca participação no mercado e também pela falta de lançamentos planejados para ambas as marcas.

Por fim, a criação da Stellantis trouxe uma nova emoção para o tabuleiro internacional do mundo automotivo.

Brasil 123 carros.

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.