Rússia anuncia vacinação contra a Covid-19 para outubro

A informação foi dada pelo ministro da Saúde Mikhail Murashko e divulgada pela a agência de notícias russa RIA.

2

Neste sábado (1°), a Rússia anunciou que está preparando uma campanha de vacinação em massa contra o novo coronavírus já no mês de outubro.

A informação foi dada pelo ministro da Saúde Mikhail Murashko e divulgada pela agência de notícias russa RIA.

Inicialmente médicos e professores serão os primeiros a receber as doses e ainda não se sabe se a vacina contra o coronavírus é a que vem sendo testada no país.

Por falar em vacina da Rússia, essa semana uma fonte do governo garantiu que ela estará disponível já neste mês de agosto, não informando se todos os testes foram realizados e com sucesso.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o novo coronavírus matou mais de 680.000 pessoas no mundo e infectou mais de 17,6 milhões.

Mundo desconfia de uma vacina tão rápida

Rússia anuncia vacinação contra a Covid-19 para outubro
Rússia anuncia vacinação contra a Covid-19 para outubro – Imagem: Igor Golovniov/SOPA Images/LightRocket via Getty Images

Dezenas de possíveis vacinas contra o coronavírus estão sendo desenvolvidas em todo o mundo e mais de 20 estão atualmente em ensaios clínicos.

Inúmeras empresas chinesas lideram a corrida para desenvolver uma imunização contra a doença e a Rússia já havia estabelecido setembro como data limite para lançar a sua própia vacina.

No entanto, especialistas no assunto acreditam que seja pouco provável que uma vacina esteja sendo desenvolvida tão rapidamente, e alguns desconfiam dos sistemas regulares que vem sendo usados nos testes.

Testes da vacina contra a Covid-19 avançam no Brasil

Já aqui no Brasil os testes da vacina contra o coronavírus já vem sendo realizados em humanos na Fase 3, e é grande a expectativa pelo sucesso delas.

Uma delas é uma parceria entre a Universidade de Oxford, na Inglaterra com a Unifest e Instituto Lemann.

Já a outra é fabricada pela empresa chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantã. Neste caso, se os testes forem positivos, o Butantã espera fabricar cerca de 100 milhões de doses em 2021.

2 Comentários
  1. […] disso, países como a Rússia garantem que em outubro deste ano já devem começar a vacinar a sua população contra o coronavírus, não garantindo se os testes que vem sendo realizados […]

  2. […] Apesar da OMS não acreditar que uma vacina possa sair ainda esse ano, a Rússia anunciou na semana passada que possivelmente até outubro já se inicie o processo de imuniz…. […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.