Robinho é condenado a nove anos de prisão por estupro

O jogador e seu amigo foram condenados na última instância na corte de Milão, Itália

0

O jogador Robinho foi condenado pela Corte de Cassação da Itália, última instância do judiciário do país, pelo estupro de uma mulher em 2013. Em sentença divulgada nesta quarta-feira (19), o amigo do craque, Ricardo Falco, também foi condenado e ambos deverão cumprir nove anos na prisão.

Yanna Lavigne dá à luz Amélia, segunda filha com Bruno Gissoni

Com a condenação, a Itália poderá pedir a extradição dos dois, mas dificilmente eles serão enviados para o país por conta da vigente legislação brasileira. Desta forma, a Corte deve solicitar que Robinho e Ricardo cumpram a pena no Brasil, com o pedido de uma transferência de execução de pena – que pode transitar por anos na Justiça.

Robinho também foi condenado a pagar uma indenização de R$373 mil para a vítima.

Entenda o caso

Robinho e um amigo foram condenados a nove anos de prisão na Itália por estupro contra uma jovem de 23 anos em 2013. A decisão, no entanto, ainda corria na Justiça em 2020 e os advogados do atleta entraram com diversos recursos para atrasar o julgamento.

Além de Robinho e Falco, outros quatro brasileiros participaram do estupro da jovem albanesa e diversas ligações telefônicas comprovam a violência. Para a Justiça, as provas são “auto-acusatórias”, já que o atleta afirmou em áudios que fez a jovem praticar sexo oral forçado e incriminou seus outros amigos:

Jairo: – Eu te vi quando colocava o pênis dentro da boca dela.

Robinho: – Isso não significa transar.

A defesa de Robinho, no entanto, nega que o jogador dopou a jovem e se aproveitou dela sexualmente, assim como seus amigos. O caso aconteceu em Milão, na boate Sio Cafe, durante o aniversário de 23 anos da vítima. O craque, em diversas entrevistas, manteve que a relação foi consensual.

Veja também: Harry Styles anuncia shows em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba, saiba mais!

 

5/5 - (2 votes)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.