Remo vence fora de casa e afunda a Ponte Preta na zona de rebaixamento

Foi a segunda vitória consecutiva da equipe paraense na competição nacional

0

A Ponte Preta perdeu em casa por 2 a 1 para o Remo na tarde deste sábado (17), no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com o resultado, o time campineiro, comandado pelo técnico Gilson Kleina, termina a rodada na zona de rebaixamento, em penúltimo lugar, com apenas 9 pontos.

Por sua vez, o time azulino, comandado pelo técnico Felipe Conceição, foi a 13 pontos, subiu para 14º lugar e já soma duas vitórias consecutivas.

Agora, na próxima rodada, o time paraense joga em casa contra o ameaçado Cruzeiro, na terça-feira (20), a partir das 19h, no estádio Baenão, em Belém do Pará.

Enquanto isso, a Macaca joga no mesmo dia, porém, a partir das 21h30, quando visita o Vitória, no estádio Barradão, em Salvador.

O jogo

Em campo, a Ponte Preta começou atacante mais e alçando bolas na área do Remo, mas sem muita objetividade.

Por sua vez, o Remo era mais eficiente e, assim, abriu o placar logo aos 9min, com Felipe Gedoz.

Na oportunidade, ele recebeu na grande área, após roubada de bola na intermediária, e mandou para o gol: 1 a 0.

Assim, o time visitante ficou mais tranquilo em campo, mas também não conseguia mais criar oportunidades de gol.

Enquanto isso, a Ponte Preta seguia com pouca efetividade dentro de campo.

Contudo, o time da casa só foi chegar com perigo aos 36min, quando houve um cruzamento para a grande área e o meia Fessin desviou de cabeça na trave, desperdiçando a chance.

Porém, ninguém mais conseguiu produzir chances de gol e o primeiro tempo acabou com a vantagem parcial do Remo.

Segundo tempo

Depois do intervalo, a Ponte Preta continuou com dificuldades nos primeiros minutos, sem conseguir pressionar o Remo.

Porém, o time visitante era até mais perigoso quando chegava ao ataque, principalmente em jogadas alçadas na área.

Da mesma forma, a Ponte também insistia nas jogadas aéreas, que não levavam perigo ao Remo.

Depois, aos 22min, Felipe Gedoz roubou a bola na saída de bola da Ponte, driblou o goleiro e marcou 2 a 0 para os visitantes.

Mais tarde, aos 29min, o Remo poderia ter ampliado, mas teve um gol mal anulado, por impedimento inexistente.

Assim, a Ponte entrou de novo no jogo e, aos 35min, descolou um pênalti, quando Dawhan cobrou e descontou: 2 a 1.

Porém, no final, não conseguiu pressionar o suficiente para buscar o gol de empate.

Leia também: São Paulo perde em casa e Fortaleza assume a vice-liderança do Brasileirão

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.