Remo perde em casa para a Ponte Preta em confronto direto contra a degola na Série B

A Macaca, comandada pelo técnico Gilson Kleina, está em 14º, com 37, e ganha um respiro na briga contra o descenso

0

O Remo perdeu em casa por 1 a 0 para a Ponte Preta na tarde deste domingo (24), no estádio Baenão, em Belém do Pará, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com o resultado deste confronto direto na briga contra o rebaixamento, o time azulino, sob comando do técnico Felipe Conceição, continua em 13º lugar, com 38 pontos.

Enquanto isso, a Macaca, comandada pelo técnico Gilson Kleina, está em 14º, com 37, e ganha um respiro na briga contra o descenso.

Agora, na próxima rodada, o Remo tem parada dura na quinta-feira (29), quando visita o Cruzeiro, a partir das 21h30, na Arena Independência, em Belo Horizonte.

Por sua vez, a Ponte Preta volta a campo pela 32ª rodada no sábado (30), quando recebe o também ameaçado Vitória, a partir das 16h, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

O jogo

O primeiro tempo começou truncado, com poucas oportunidades de gol e o Remo, mesmo como mandante, encontrava dificuldades.

No início da partida, a Ponte Preta marcava forte, se defendia bem e não deixava o time azulino pressionar.

Além disso, a Macaca começou a se soltar e também passou a sair para o jogo com perigo nos contra-ataques.

E, desta maneira, abriu o placar aos 13min, quando Richard finalizou na trave e, na sobra, o volante Marcos Júnior aproveitou para completar para o gol: 1 a 0.

Depois, aos 19min, Gedoz quase empatou para o Remo, em chute que o goleiro Ivan fez grande defesa e salvou o time paulista.

Aos 34min, o árbitro chegou a marcar um pênalti para a Ponte, mas depois anulou com a revisão do VAR.

Em seguida, o time da casa começou a pressionar em busca do empate, mas o gol não saiu no primeiro tempo.

Etapa final

Depois do intervalo, a Ponte Preta começou melhor e teve duas boas chances com menos de dez minutos de jogo, quase ampliando a contagem.

Mas a grande chance veio aos 9min, quando Richard chutou em cima do goleiro e, na sobra, Marcos Junior mandou para fora.

No entanto, ninguém mais conseguiu mexer no placar até o final do jogo.

Leia também: Emprego na Neon: Veja os benefícios em fazer parte da empresa

Avalie o Artigo:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.