Recessão à vista? Entenda os fatores para uma economia pior

0

O mercado financeiro já começa a prever uma recessão econômica nos Estados Unidos para os próximos meses. A notícia, que gerou pânico nos mercados, afetará diretamente a sua vida, principalmente se os governos usarem os manuais mais tradicionais da área para combater esse problema. Por isso, essa notícia preocupa e pode custar caro para muitas pessoas.

Dessa forma, hoje vamos falar dos motivos que levam o mercado a acreditar na recessão econômica. Na segunda parte do texto, vamos analisar o que pode acontecer na sua vida e, claro, como se prevenir desde agora.

Os motivos para a recessão

Não é novidade para os brasileiros que os produtos aumentaram de preço e está cada vez mais difícil encaixar o salário nas despesas. E isso não está acontecendo apenas com você: a inflação é um fenômeno global e que provavelmente levará o mundo para mais uma crise financeira. Por isso, a recessão começa justamente pelo aumento de preços.

A retomada da economia após a pandemia não aconteceu como os economistas esperavam. Com a volta das atividades, a tendência era que os produtos voltassem a baixar de preço e os empregos fossem retomados. Contudo, as indústrias básicas do mundo não suportaram o aumento da demanda por produtos. Com isso, todos os preços começaram a aumentar muito. Nos Estados Unidos, a inflação é a maior em 40 anos. Na Europa, a maior da história do euro. Nesse cenário, não havia temores de recessão, mas apenas de desaceleração da economia.

Com o aumento da inflação, os bancos centrais aumentaram as taxas básicas de juros da economia. Na prática, fica mais caro comprar um carro, um imóvel, empreender, viajar, entre outras coisas. Por isso, muitas pessoas tendem a ficar sem emprego, o que faz a inflação baixar e a economia desacelerar. Contudo, os dados mostram que, mesmo com o aumento de preços, os empregos estão aumentando, o que leva a crer que a inflação aumentará ainda mais. Dessa forma, os bancos aumentam ainda mais os juros para tentar segurar a crise. Quanto mais os juros subirem, pior para a economia. Eis o motivo da recessão.

recessão
Foto: Reprodução

O que fazer?

Um dos grandes problemas da recessão econômica é que as famílias mais pobres tendem a perder o emprego antes. Com isso, aumenta-se a concentração de renda, onde os mais ricos acabam ganhando ainda mais dinheiro, e o pobres ficam com problemas cada vez maiores. Dessa forma, para passar por esse momento, o ideal é se manter no emprego.

E para que isso aconteça, é fundamental que você tenha uma qualificação para a sua área de atuação. Isso porque as empresas não demitem aqueles funcionários que possuem um alto grau de conhecimento. Dessa forma, a primeira dica para fugir da recessão é se especializar na sua área.

Por outro lado, outra dica para tentar diminuir os impactos da recessão é guardar, o quanto antes, a maior soma de dinheiro possível. Isso porque, em caso de demissão, você tem uma reserva de emergência para manter os seus custos básicos de vida até conseguir arranjar outra atividade remunerada. Para isso, você pode fazer renda extra ou buscar, de alguma forma, um adicional noturno no seu emprego.

Avalie o Artigo:
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.