Raul Gazolla conta plano de amigo para matar assassino de Daniella Perez

Raul era casado com Daniella quando o assassinato ocorreu

0

Raul Gazolla abriu o jogo em entrevista para Junior Coimbra, na sexta-feira, dia 8, sobre a repercussão da morte de Daniella Perez.

Raul Gazolla sofreu infarto após assassinato da esposa Daniella Perez

O ator era casado com a jovem quando ela foi brutalmente assassinada, em 1992, por Guilherme de Pádua e Paula Nogueira Thomaz.

A dor da perda foi tão grande que ele revela que seu amigo até criou um plano para matar Guilherme na prisão:

Eu tinha um amigo que era contraventor. Quando ele soube do caso não foi me visitar, não foi no enterro. Passando o enterro ele mandou em chamar na casa dele e falou ‘estou mandando descer todas as pessoas que conheço e a gente vai explodir a 16ª Delegacia e matar o cara, porque ninguém faz isso com mulher de amigo nosso.

Ele disse que passou mais de duas horas tentando convencer o amigo a desistir da ideia, pois inocentes poderiam morrer:

Depois de duas horas ele deixou correr. Além disso, quando você explode a 16ª para matar alguém, você vai matar inocentes. Eu não posso dormir com esse barulho nessa cabeça.

Raul diz que odeia relembrar o caso, mas o pior é ver a falta de remorso do assassino e de sua então esposa:

Nunca disse ‘que merda que eu fiz’, nem ele nem a mulher. Então, eu rezo todos os dias para que a gente não se encontre. Todas as entrevistas que vi dele ele nunca se arrependeu. O que ele carrega dentro dele é ‘perdi a oportunidade de continuar sendo ator’, que era tudo pra ele.

Veja, abaixo!

Relembre o caso de Daniella Perez

A atriz e filha da autora Gloria Perez, Daniella Perez, foi morta à tesouradas pelo também ator Guilherme de Pádua em 1992.

Os dois atuavam juntos na novela De Corpo em Alma e Guilherme resolveu assassiná-la quando as investidas que fazia em Daniella, para que a mãe dela lhe desse um papel maior na novela, falharam.

Ele e sua esposa na época, Paula Nogueira Thomaz foram condenados por homicídio duplamente qualificado, mas apenas cumpriram seis dos dezenove anos estipulados.

Raul Gazolla era marido de Daniella na época e os dois eram bastante apaixonados.

Hoje em dia Guilherme atua como pastor evangélico e Paula, casada com outro homem, tenta emplacar a carreira da filha pequena como modelo.

Glória Perez, aliás, ficou furiosa com a situação e desabafou:

Essa criminosa não tem limites. Não preservou o filho que estava na barriga, quando se fez assassina, e não preserva a filha de um meio onde terá sempre como referência ser a filha de uma assassina.

 

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.