Processo de Giselle Itié contra Antonia Fontenelle é arquivado

Giselle Itié processava a atriz por comentários xenofóbicos após 'treta' no Instagram

0

Giselle Itiê teria perdido processo de xenofobia contra Antonia Fontenelle, de acordo com o colunista Léo Dias, nesta quinta-feira (8). Em briga virtual no começo deste ano, a Youtuber pediu que a atriz “voltasse ao seu país de origem”, o México.

Malga di Paula, viúva de Chico Anysio, tem melhora e deve deixar UTI

O Ministério Público teria decido não abrir processo, após inquérito policial contra Fontenelle por suposto racismo e xenofobia. Em pronunciamento, a viúva de Marcos Paulo diz que Giselle ainda teria tentado processá-la em R$50 mil na Justiça:

Não houve perda ou ganho. Não houve processo. O Ministério Público arquivou definitivamente a acusação por entender que não houve crime algum. O que houve de fato foi uma denúncia caluniosa. Isso, sim, é crime. Ela ainda tentou me processar no cível pedindo R$ 50 mil. Vai trabalhar, filha.

O processo de Giselle na esfera cível ainda continua.

Entenda a briga entre as duas

Após Dani Calabresa expor o assédio que sofreu de Marcius Melhem, na TV Globo, Giselle Itié revelou em dezembro de 2020 que também sofreu assédio em sua primeira novela na emissora por um dos diretores. No caso, os internautas apontaram que a novela seria Começar de Novo no qual o diretor geral seria o falecido Marcos Paulo.

Irritada, Antonia Fontenelle, viúva de Marcos Paulo, rebateu as alegações de Itié e até disparou que ela “deveria voltar para o México”, onde nasceu. Após a notícia sobre a queixa repercutir na mídia, Antonia fez pouco caso e em seu Instagram, no dia 5 de dezembro, disparou:

Deem um Google em xenofobia, eu não sou xenofóbica. Quando eu falei no meu vídeo o meu descontentamento com Giselle e disse que ela deveria voltar ao México é porque é um desserviço o que ela faz no meu país. É muito feio.

O colunista Ancelmo Gois foi o primeiro a dar a notícia da queixa de Giselle contra a Youtuber em dezembro de 2020. Na ocasião, Antonia disse que não praticou xenofobia contra a atriz e tentava acordo com o Ministério Público.

 

 

 

Veja também: Igor Rickli rebate críticas por pintar unha do filho: “Ele gosta e eu também”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.