Políticos milionários se beneficiaram com o auxílio emergencial

A responsabilidade é atribuída a falha em cruzamento de dados

1

Políticos com patrimônio milionário se beneficiaram com o auxílio emergencial do Governo Federal.

A informação foi obtida por dados do Ministério da Cidadania e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que identificaram candidatos nas ultimas eleições de 2016 e 2018. Os beneficiados declararam bens com valor superior a R$ 1 milhão.

A princípio são 136 casos de candidatos com patrimônio milionário encontrados. Mesmo tendo declarado o patrimônio ao TSE, os políticos tiveram cadastro aprovado e receberam as parcelas.

Os políticos listados foram, candidatos a prefeito, vice-prefeito, vereador e deputado estadual e federal.

Os problemas relacionados ao cruzamento de dados para liberação do auxílio e nos critérios definidos, estão resultando em beneficiários que figuram nas classes mais ricas.

Nesse ínterim, o Tribunal de Contas da União declarou que milhões de benefícios foram liberados para classe média, um resultado dos problemas no cruzamento de dados.

Do mesmo modo, existem casos de fraudes da inclusão do nome da pessoa no cadastro por outra pessoa, sem seu conhecimento, todos estão sendo investigados.

De acordo com a Dataprev, responsável pelo cruzamento de dados do auxílio emergencial, nos critérios estabelecidos pelo Ministério da Cidadania, não houve “previsão legal para verificação do patrimônio dos requerentes”, caso tivesse poderia ter identificado inconsistências cadastrais e omissões na renda domiciliar na inscrição e no Imposto de Renda.

Segundo a Dataprev, os dados do TSE só foram utilizados para identificação de mandato eletivo.

O que diz o Ministério da Cidadania

O Ministério da Cidadania, responsável pela gestão do auxílio emergencial, informa que vem trabalhando diuturnamente e que o tempo é escasso para construir, implantar e revisar de forma constante cada processo de trabalho.

Para receber o Auxilio são exigidos alguns critérios, como por exemplo:

Ser mais de 18 anos;

Está desempregado;

A renda familiar mensal por pessoa não ultrapasse meio salário mínimo (R$ 522,50) ou a renda mensal total não ultrapasse três salários mínimos (R$ 3.135).

Com informação do O Globo
1 comentário
  1. […] Políticos milionários se beneficiaram com o auxílio emergencial(Abre numa nova aba do navegador) […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.