Polícia Federal realiza ação de combate a fraude do Auxílio Emergencial

Mulher é suspeita de receber ao menos 96 benefícios

0

A Polícia Federal (PF) realizou mais uma ação de combate a fraudes ao Auxílio Emergencial, nesta quinta-feira (12), em Córrego Fundo (MS).

A saber, foi executado um mandado de busca e apreensão contra uma mulher suspeita de receber ao menos 96 benefícios por meio de boletos bancários.

As investigações são referentes ao primeiro semestre de 2020, no entanto, os dados referentes ao segundo semestre daquele ano e a 2021 e 2022 serão analisados pela PF.

Combate de fraude ao Auxílio Emergencial

A operação é resultado da Estratégia Integrada de Atuação contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial, benefício criado pelo Governo Federal para atenuar as dificuldades socioeconômicas enfrentadas pela população mais vulnerável do país durante a pandemia do novo coronavírus.

A Estratégia reúne a Polícia Federal, o Ministério Público Federal, o Ministério da Cidadania, a Caixa Econômica Federal, a Controladoria-Geral da União, o Tribunal de Contas da União e a Receita Federal.

O objetivo é identificar a ocorrência de fraudes massivas e desarticular a atuação de organizações criminosas.

As informações iniciais são oriundas da Base Nacional de Fraudes ao Auxílio Emergencial (BNFAE), mantida pela Coordenação Geral de Polícia Fazendária da PF (CGPFAZ), que reúne dados de comunicações de irregularidades referentes ao pagamento fraudulento do Auxílio, após terem sido analisados e confirmados pela Caixa Econômica Federal.

O Ministério da Cidadania é responsável por receber e tratar denúncias e repassar as informações para a ação dos demais órgãos no combate aos crimes relacionados aos pagamentos do benefício.

A Polícia Federal ressalta que todos os pagamentos realizados indevidamente são objeto de análise. A orientação é para que os cidadãos que receberam o benefício sem preencher os requisitos definidos em lei, façam a devolução dos valores.

Com informações da Assessoria de Comunicação do Ministério da Cidadania e da Polícia Federal

Veja ainda: INSS: Décimo terceiro tem data CONFIRMADA para a 2ª parcela

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.