Nova CNH começa a valer nesta quarta-feira; saiba o que muda

Mesmo com a mudança, não há necessidade de troca imediata para novo padrão

0

A nova CNH, isto é, o novo modelo da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), começa a ser emitido nesta quarta-feira (1º). A saber, a decisão é do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e foi anunciada em dezembro de 2021, por meio da Resolução n° 886.

No entanto, não é preciso ter pressa para a troca imediata para o novo padrão do documento. Isso porque a substituição vai acontecer à medida em que os motoristas forem renovando ou emitindo a segunda via da CNH.

Além disso, é importante dizer que o documento pode ser expedido em meio físico, digital ou ambos. “A escolha fica a critério do condutor”, determina a resolução.

Auxílio Brasil de R$ 400: NOVA rodada está confirmada! Veja o calendário

Emissão da nova CNH

Ainda de acordo com a resolução do Contran, os órgãos e entidades executivos de trânsito dos Estados e do Distrito Federal deverão adequar os seus procedimentos para adoção do modelo da CNH até 1º de junho de 2022.

Confira as diferenças entre o modelo novo (à esquerda) e o antigo (à direita):

Novo modelo CNH
Imagem – Reprodução

Informações do novo documento

A nova CNH traz elementos gráficos com o objetivo de dificultar a falsificação e fraudes. Também será possível usar o nome social e filiação afetiva do condutor no documento.

Ainda mais, as cores do documento são predominantemente verde e amarelo, e apresenta uma tabela para identificar os tipos de veículos que o motorista está apto a conduzir.

A saber, a primeira coluna terá a categoria da CNH, seguida por uma imagem do automóvel e a informação se o dono do documento está habilitado para dirigir aquele tipo de veículo, além de informações sobre exercício de atividade remunerada do motorista e possíveis restrições médicas.

Além disso, a partir da nova emissão será inserido um código internacional utilizado nos passaportes, que permite ao condutor embarcar em terminais de autoatendimento nos aeroportos brasileiros.

O documento também vai conter o dado se o motorista tem apenas permissão para dirigir, indicado pela letra “P”, ou se já possui CNH definitiva, com o impresso da letra “D”.

Por fim, cabe mencionar que a nova CNH mantém o QR Code, já disponível nos documentos emitidos a partir de 2017. O código vai armazenar todas as informações do documento, inclusive a fotografia, exceto a assinatura do motorista.

Leia ainda: Saque Extraordinário do FGTS: Até R$ 1.000 para 3,5 milhões de trabalhadores

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.