Natação e escoliose: entenda a relação e os benefícios

0

A escoliose é um encurtamento da coluna causado por uma curvatura lateral. Normalmente, a coluna vertebral é reta e alinhada. Quando o paciente tem escoliose, a coluna acaba fazendo uma curva para um dos lados, em forma de “C” ou “S”, que pode causar problemas ao paciente.

Seus principais sintomas incluem assimetria corporal, irregularidades na bacia, no crânio e nas costelas, gerando incômodos e dores fortes. Para que o paciente possa viver bem, o diagnóstico e tratamento devem se iniciar assim que se perceberem os sintomas.

De acordo com a NYU Langone Medical Center – Centro Médico Langone – USA, a escoliose pode levar a dor crônica nas costas se não for tratada adequadamente.

Benefícios da natação para escoliose

A natação é uma excelente forma de exercício cardiovascular de baixo impacto. A natação também ajuda a desenvolver ossos e músculos fortes e promove flexibilidade e coordenação. De acordo com recente pesquisa da marca Speedo, ela também pode ajudar a reduzir o estresse e aliviar a tensão.

Além disso, a modalidade beneficia os pacientes portadores de escoliose, pois a água oferece resistência, que pode trabalhar os músculos e melhorar a resistência e a flexibilidade. Essa atividade também pode ajudar a construir os músculos dos braços, pernas e costas, o que poderia melhorar o equilíbrio geral e força muscular.

A diminuição da sensação gravitacional na água também é um dos argumentos utilizados em favor da natação. Isso porque a fluidez dos movimentos em ambiente aquático gera uma diminuição imediata nas dores e desconfortos causados pela doença.

Além disso, os movimentos na água proporciona uma forma de alívio do estresse e pode ajudar a liberar a tensão, possivelmente reduzindo um pouco de dor crônica. A pessoa com escoliose que quer tentar nadar pode encontrar energia renovada e vigor.

Por fim, veja também: Escoliose. E agora?

Veja Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.