Ministério assina acordo para realizar perícia médica do INSS com uso da telemedicina

Confira as informações do projeto piloto que será iniciado

0

Um acordo de Cooperação Técnica para realização da Perícia Médica com Uso de Teleavaliação (PMUT) foi assinado, nesta quinta-feira (13), pelo ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, e pelo presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), José Carlos Oliveira. A medida cumpre decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) quanto ao enfrentamento da pandemia.

Ministério assina acordo para realizar perícia médica do INSS com uso da telemedicina
Ministério assina acordo para realizar perícia médica do INSS com uso da telemedicina – Foto: Reprodução

Perícia médica aplica projeto-piloto

A saber, o projeto-piloto terá a duração de 90 dias e os 10 municípios selecionados, com população entre 10 e 15 mil habitantes, não dispõe de perícia médica presencial.

Por esse motivo, os moradores têm que se deslocar até outra cidade para a realização da avaliação médica.

A partir de agora, os funcionários das prefeituras irão entrar em contato com os segurados que possuem perícia agendada em outra localidade para que, caso queiram, possam realizar o procedimento de forma remota, por meio da telemedicina, nas instalações da própria prefeitura.

“Precisamos buscar a tecnologia que permite que um médico, a três mil quilômetros de distância, possa atender quem precisa. Isso é justiça social, é respeito à pessoa, é valorização à vida”, afirmou Onyx Lorenzoni durante a assinatura do termo.

Municípios participantes

Os municípios que assinaram o acordo de cooperação técnica para participar do projeto-piloto são: Francisco Morato (SP), Minas Novas (MG), Vassouras (RJ), Santo Augusto (RS), Olhos D’Água das Flores (AL), Corrente (PI), Pedro Gomes (MS), Ji Paraná (RO), Lábrea (AM) e Botas de Macaúbas (BA).

Por fim, cabe mencionar que o Acordo de Cooperação Técnica entre o Ministério do Trabalho e Previdência, o INSS e as prefeituras, será formalizado com a publicação de uma portaria no Diário Oficial da União (DOU).

Fonte: Ministério do Trabalho e Previdência

Veja ainda: Já estou no Auxílio Brasil, corro o risco de perder o benefício? Descubra aqui

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.