Marco Pigossi abre o jogo sobre namoro com cineasta e fake news de affair com Rodrigo Simas

O ator de 32 anos admite que morria de medo em assumir sua homossexualidade

0

Marco Pigossi abriu o jogo, em entrevista para a revista Piauí, nesta sexta-feira (7), sobre se assumir como um homem gay para o público. O ator de 32 anos atualmente namora o cineasta Marco Calvani e, durante boa parte de sua carreira, escondeu sua orientação sexual de todos.

Simone Poncio é transferida para outra clínica psiquiátrica no Rio de Janeiro

Hoje radicado em Los Angeles, o brasileiro conheceu o atual namorado durante uma viagem em Massachusetts, em 2019. Foi a ideia de Calvani de assumir a relação e o ator admite que ficou inseguro: “Estamos juntos há um ano e meio. Foi Marco que, no feriado norte-americano de Ação de Graças, postou uma foto nossa de mãos dadas. Ele me avisou antes. Eu topei, mas senti uma certa apreensão. Qual seria a reação das pessoas?”.

“Ele postou, e ficamos esperando. Começaram a pipocar comentários, então decidi repostar a foto com um stories na minha própria rede. Escrevi ‘choca zero pessoas’ para tirar onda com os comentários do tipo ‘ah, mas eu já sabia’. Postei e fiquei com um frio na barriga. Logo comecei a receber muitas, muitas mensagens de amigos, de colegas de trabalho, de fãs. Recebi mais parabéns do que no dia do meu aniversário. Foi uma libertação. Uma festa”, garantiu o astro de ‘Cidade Invisível’ da Netflix.

O ator relembra fake news com Rodrigo Simas

Marco Pigossi estreou na TV Globo no papel de Cássio, em ‘Caras & Bocas’, que ficou marcado pelo bordão “fiquei rosa chiclete”. Em 2011, ele começou a atuar em ‘Fina Estampa’ e logo foi alvo de rumores de um affair com Rodrigo Simas – na época, no entanto, ele já namorava outro homem.

“Era mentira absoluta. Chegava a dizer que nós nos ‘pegávamos’ nos bastidores. Era tudo invenção, mas as pessoas acreditam no que querem acreditar. Eu fiquei travado ao ler aquilo. Comecei a tremer e suar. Fui para o banheiro do aeroporto, me tranquei em uma cabine e comecei a vomitar. Liguei para meu parceiro, chorando. Eu dizia para mim mesmo que minha carreira tinha acabado. Não conseguia sair dali”, revela o jovem.

O então namorado teve que buscá-lo no local, já que Pigossi ficou em pânico de ser ‘retirado do armário’: “A crise me deixou com sequelas. Passei a tomar antidepressivos e ansiolíticos. O pânico de sair do armário contra minha própria vontade ficou ainda maior”.

 

 

 

 

 

Veja também: Sandra Annenberg e Patrícia Poeta podem assumir o ‘Encontro’ após saída de Fátima Bernardes, aponta site

 

5/5 - (1 vote)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.