Márcia Fellipe diz que nunca quis ‘usar do vitimismo’ no Power Couple

Cantora ainda fala sobre Deborah Albuquerque, inimizade no confinamento.

0
Márcia Fellipe diz
Reprodução: Record

Estavam com saudades? Nesta temporada não teve repescagem no Power Couple, como muito solicitado pelos fãs, no entanto, Márcia Fellipe relembra alguns acontecimentos no confinamento e diz que nunca quis ‘usar do vitimismo’ para se destacar no programa. Ademais, a artista comenta sobre sua maior inimizade no programa: Deborah Albuquerque. Saiba mais!

Márcia Fellipe diz que não quis ‘usar do vitimismo’ no reality

Em entrevista ao Notícias da TV, a cantora de forró fala sobre o frio que passaram nas primeiras semanas. “Imaginava que todos os nossos amigos estavam sofrendo aqui fora, pois enfrentamos uma pressão muito grande. Quem nos conhece sabe que a gente não estava em uma zona de conforto, que estávamos sendo atacados e eu nunca quis usar do vitimismo. Logo na entrada, deixaram a gente ficar 15 dias dentro de uma barraca, no frio”, comenta. Ela conta que Rod Bala passou noites sem dormir por conta das madrugadas frias – Itapecerica da Serra, onde a Mansão Power fica, registrava 12ºC, na época. “Não quis usar isso, fui acusada de várias coisas, pela própria Deborah mesmo, que teria agredido ela. Não quis focar nisso, voltei para o jogo saudável”, afirma.

E por falar na esposa de Bruno, as brigas do confinamento voltaram a ser citadas. “Ela (Deborah) usa essa estratégia de fazer um vitimismo, e eu não queria. Meu objetivo era passar que somos pessoas fortes, porque viemos da estrada, temos uma vida toda de superação. Não iria me abater dentro de um programa diante do nosso país. Agora vou ser uma mulher fraca? Nunca fui, sempre enfrentei as minhas lutas”, garante.

Márcia Fellipe diz
Reprodução: Record

Cancelamento

Como viveu algumas grandes polêmicas na casa, Márcia temeu o cancelamento. “Fiquei impressionada por encontrar esse carinho aqui fora. Quando peguei meu telefone, foi a primeira coisa que perguntei para a minha assessora, se estava cancelada. Dizia para o Rod não brigar, por, como já estava nessa situação, um teria que trabalhar aqui fora (risos)”, dispara.

No entanto, por enquanto, só sucesso! “As músicas deram uma guinada. Lançamos uma música (Adeus Bye Bye, feat. com Tarcísio do Acordeon) dentro do programa, ela está muito bem aqui fora, ainda nem tem clipe e já entrou no Top 100 (do Spotify), convites de parcerias, publicidades”, comemora Rod.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.