Lula compara Arthur Lira, presidente da Câmara, a imperador do Japão; entenda

Em resposta, Arthur Lira disse que Lula nem sequer o conhece. "Nunca tive o prazer ou desprazer de estar com ele", disse

0

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criticou o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP), que é aliado do presidente Jair Bolsonaro (PL), comparando o chefe da Casa ao imperador do Japão. A declaração de Lula foi feita nesta terça-feira (03) durante um evento promovido pelo Solidariedade para oficializar o apoio à pré-candidatura do petista neste ano.

“Se a gente não eleger uma maioria de deputados que estão comprometidos com os discursos que nós temos aqui, e a gente ganhar as eleições, e o atual presidente da Câmara [Arthur Lira] continuar com o poder imperial”, começou Lula.

“Porque ele já está querendo criar o semipresidencialismo. Ele já quer tirar o poder do presidente para que o poder fique na Câmara dos Deputados e ele aja como se fosse o imperador do Japão”, completou o ex-presidente da República.

A fala de Lula acontece porque, no Japão, o sistema adotado é uma monarquia constitucional parlamentarista. Sendo assim, o chefe de estado é o imperador Naruhito, e o chefe de governo é o primeiro-ministro Fumio Kishida. Hoje, existe um projeto na Câmara dos Deputador que tenta mudar o modelo brasileiro para um semelhante ao adotado no Japão.

“Ele [Arthur Lira] acha que pode mandar, inclusive administrando o orçamento. O orçamento é aprovado pela Câmara, pelo Congresso, e o orçamento tem que ser administrado pelo governo, que é para isso que o governo é eleito”, disse em outra oportunidade Lula.

Reposta de Arthur Lira

No Twitter, após a repercussão sobre a fala de Lula, Arthur Lira afirmou que o ex-presidente não o conhece. “Nunca conversou comigo, nunca tomou um café. Eu nunca bati um papo, nunca tive o prazer ou desprazer de estar com ele”, rebateu.

“Ele me comparar, dizendo que eu sou poderoso, ao imperador do Japão, ele comete um ato falho da política mundial muito grave. Ele bateu foi no primeiro-ministro do Japão, que é quem tem o poder lá, porque o imperador lá não manda em nada”, disse o deputado.

Em outra parte da publicação, Arthur Lira disse que, ao falar sobre o semipresidencialismo, Lula comete “uma grosseria, uma desinformação”. “Ele não pode querer pautar, antes de ser eleito ou não, o que esse Congresso vai debater. Todos vocês estão cansados de saber, nós queremos uma proposta de debate”, disse o deputado.

Leia também: PT se anima após constatar crescimento de Lula em estados-chave

5/5 - (1 vote)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.