Londrina e Operário fazem clássico paranaense na Série B. Veja onde assistir

Time da casa demitiu o técnico Roberto Fonseca e terá treinador interino

0

O Londrina recebe o Operário de Ponta Grossa na noite desta terça-feira (13), a partir das 21h30, no estádio do Café, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Assim, para este clássico do interior paranaense na competição nacional, a transmissão ao vivo será feita pelo canal pago Premiere FC.

Mas o Londrina, time da casa, vai tentar driblar a crise causada após a derrota em casa na rodada passada para o Guarani e buscar uma reação imediata na competição.

Desta maneira, com o time em penúltimo lugar, com 7 pontos, na zona de rebaixamento, a providência da diretoria foi a troca de comando técnico.

Com isso, o treinador Roberto Fonseca, que venceu apenas um jogo no comando do time na Série B, foi demitido no final de semana.

Agora, o interino Edison Borges comanda o time logo mais, até a contratação de um novo treinador para o clube paranaense.

O Londrina ainda não sabe o que é vencer dentro de casa nesta Série B, onde subiu nesta temporada com o acesso da Série B em 2020.

Por sua vez, o Fantasma deu um pontapé na crise no final de semana ao vencer o Brasil de Pelotas por 2 a 1, em casa, no sábado (10).

Assim, com o resultado, o time comandado pelo técnico Matheus Costa foi a 15 pontos, em oitavo lugar na classificação.

O próprio treinador, que já era pressionado, ganhou uma sobrevida para tentar uma retomada na competição.

Há duas semanas, os dois times já haviam se enfrentado pelas semifinais do Campeonato Paranaense e o Londrina levou a melhor, fora de casa, ficando no 1 a 1 e se classificando.

Os times

Para o jogo de logo mais, o Londrina deve entrar em campo com: César; Ricardo Luz, Marcondes, Augusto (Lucas Costa) e Luiz Henrique (Felipe Vieira); Tárik, Marcelo Freitas e Adenílson; Caprini, Júnior Pirambu e Tiago Orobó (Douglas Santos).

Enquanto isso, o Operário, que está cheio de desfalques, deve ir a campo com Simão; Lucas Mendes (Alex Silva), Fábio Alemão, Bonfim e Djalma Silva; Leandro Vilela, Marcelo (Pedro Ken) e Leandrinho; Rafael Oller, Schumacher e Rodrigo Pimpão.

Leia também: ‘Falei que tinha esse sonho e hoje estou realizando’, diz Renato Gaúcho ao assumir o Flamengo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.