Lockdown repentino deixa chinesa presa em casa de homem após 1º encontro às cegas

Caso viralizou no Weibo, rede social semelhante ao Twitter na China

0

Por conta de um lockdown repentino para conter a Covid-19 na cidade de Zhengzhou, região central da China, uma chinesa de 30 anos acabou “presa” por dias na casa de um homem após o primeiro encontro às cegas. O ‘date’ foi arranjado pelos pais, que estão tentando fazer com que a filha arrume um marido.

“Estou ficando velha agora e minha família já me apresentou a 10 partidos”, disse ela em um vídeo postado nas redes sociais.

Identificada apenas pelo sobrenome Wang, a chinesa viralizou no Weibo, uma rede social semelhante ao Twitter na China, ao compartilhar momentos dos dias que passou na casa de seu pretendente.

“Neste encontro, o homem queria mostrar suas habilidades culinárias e me convidou para jantar em sua casa”, afirmou Wang. Ao tentar deixar o imóvel, ela foi surpreendida com um lockdown que bloqueou todo o bairro.

A cidade de Zhengzhou enfrenta um surto de Covid-19 e, à exemplo de outras cidades chinesas, implantou o lockdown para tentar conter o avanço da doença.

No país, assim que novas infecções pelo coronavírus são detectadas, os governos locais impõem bloqueios repentinos, além de efetuar testagem em massa e quarentena extensa na região afetada. As medidas fazem parte da política de “Covid zero” adotada pela China desde o começo da pandemia.

Com a implantação do lockdown de uma hora para outra, Wang não teve outra opção e acabou passando dias na casa do pretendente. No Weibo, ela compartilhou vídeos do dono da casa cozinhando para ela, limpando o chão e trabalhando em seu notebook. Em entrevista ao jornal estatal The Paper, Wang descreveu a experiência.

“Durante a quarentena, sinto que, apesar de ele ser reticente como um manequim de madeira, ele é muito bom. Ele cozinha, limpa a casa e trabalha. Embora sua cozinha não seja muito boa, ele ainda está disposto a passar o tempo cozinhando. Acho ótimo”, disse ela.

Chinesa presa após lockdown se assustou com repercussão do caso

Assustada com a grande repercussão do primeiro vídeo postado no Weibo, Wang disse que acabou deletando o material em um post na segunda-feira (10), quatro dias após o encontro às cegas no dia 6 de janeiro.

“No momento, ainda estou na casa do homem. Depois que meu vídeo se tornou viral (no Weibo), alguns amigos começaram a ligar para ele – acho que isso afetou sua vida . É por isso que eu o removi”, disse. “Obrigado a todos pela atenção… Espero que a pandemia acabe logo e que garotas solteiras possam encontrar um relacionamento em breve”, completou.

Não há informações se Wang ainda está morando com o rapaz.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.