Juventude recebe o América Mineiro em confronto de caçulas pelo Brasileirão; veja onde assistir

Time da casa está mais próximo da zona de rebaixamento e time mineiro vem em ascensão

0

O Juventude recebe o América Mineiro na noite deste sábado (9), a partir das 21h, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias, do Sul, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Para esta partida, a transmissão ao vivo será feita ao vivo pelo canal pago Premiere FC.

Neste confronto entre dois caçulas do Brasileirão, o time da casa vive uma situação um pouco mais complicada na tabela.

Isso porque o clube alviverde, comandado pelo técnico Marquinhos Santos, vem de uma dura derrota por 3 a 1 fora de casa para o vice-lanterna Sport, em Recife.

Agora, o time do Rio Grande do Sul inicia a rodada com 27 pontos, em 15º lugar, apenas quatro à frente da zona de rebaixamento.

No momento, a principal meta do time da Serra Gaúcha é se manter na elite para a próxima temporada, algo que vem conseguindo.

Mas sabe que precisa vencer esse confronto direto para ganhar uma certa ‘gordura’ e evitar novos tropeços.

Se vencer logo mais, vai ficar mais aliviado. Entretanto, um novo tropeço deixará o time gaúcho mais próximo da zona de rebaixamento.

Por sua vez, o Coelho, comandado pelo técnico Vágner Mancini, vive o seu melhor momento dentro do campeonato.

Na última rodada, em casa, jogou bem e venceu o vice-líder Palmeiras por 2 a 1, de virada.

Desta forma, chegou aos 30 pontos, foi ao décimo lugar e abriu 7 pontos de vantagem para a zona de rebaixamento.

Mas, também, o time mineiro sabe que não pode ficar perdendo muitos pontos, ainda mais para concorrentes da parte de baixo da tabela.

Os times

Para o jogo de logo mais, o Juventude deve entrar em campo com Douglas Friedrich (Marcelo Carné); Michel Macedo, Vitor Mendes, Quintero e William Matheus; Dawhan, Jadson, Wescley e Guilherme Castilho; Capixaba e Roberson.

Por sua vez, o América Mineiro deve jogar com Matheus Cavichioli; Diego Ferreira, Ricardo Silva, Eduardo Bauermann e Marlon; Lucas Kal, Juninho, Alê e Ademir; Felipe Azevedo e Fabrício.

Leia também: Tite ressalta poder de reação da Seleção Brasileira contra a Venezuela

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.