Jeep de 7 lugares vai usar Arla 32 para diminuir emissões

A Jeep está trabalhando em seu modelo com capacidade para sete pessoas e as emissões de um carro tão grande podem ser altas demais

0

A Jeep já está trabalhando no seu modelo com capacidade para sete lugares e o mesmo já está nos últimos estágios de seu desenvolvimento. No entanto, o projeto enfrenta problemas como escolha de nome e também o excesso de emissões de gases tóxicos nos modelos a Diesel.

Dessa forma, a equipe do Brasil 123 carros te conta com detalhes esses problemas e as soluções que a marca vai utilizar para sanar os mesmos.

Jeep com 7 lugares vai utilizar Arla 32

Jeep
O Jeep de 7 lugares já está enfrentando problemas antes mesmo do seu lançamento. Os problemas principais são as altas emissões de ureia do motor Diesel e a escolha do nome: (Imagem: mobiauto.com.br)

Fazer um carro tão grande que possa levar 7 ocupantes também pode gerar problemas e a Jeep está passando por isso. A marca vai precisar utilizar o Arla 32 para neutralizar a emissão de uréia nas versões a Diesel do seu novo modelo.

Para as pessoas que ainda não conhecem o Arla 32, ele é um líquido que consegue neutralizar aproximadamente 32% da ureia pura que sai pelo escapamento. Entretanto, esse líquido, que é normalmente está em caminhões, possui um reservatório específico para o mesmo.

No entanto, esse não é o único problema que o carro vai enfrentar. A fabricante está em uma briga com o povo indígena Cherokee por conta do uso do nome dos mesmos em seus carros. Dessa forma, a marca não deve utilizar esse nome no novo lançamento e vai precisar ser rápida para achar um novo nome.

Brasil 123 carros.

Fonte: Autoo

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.