Irmão de Rodrigo Mussi critica pedidos de fotos do ex-BBB: “Precisam ter mais senso”

Rodrigo Mussi foi extubado há exatos 15 dias após um grave acidente de carro

0

Diogo Mussi, irmão de Rodrigo Mussi, se pronunciou nas redes sociais, neste sábado (7), após diversos fãs pedirem fotos e vídeos do ex-BBB. O empresário segue em reabilitação intensiva após sofrer um grave acidente de carro em São Paulo, em 31 de março deste ano.

MC Mirella desabafa após crítica sobre fotos sensuais: “É um trabalho honesto”

Bastante irritado, o advogado pediu: “As pessoas precisam ter mais senso antes de pedir imagens do meu irmão, que foi extubado há pouco mais de 15 dias. Se você realmente gosta do Rodrigo, respeite. A reabilitação leva tempo e está sendo muito árdua para ele, que se esforça diariamente, para alcançar esse objetivo. Mais respeito, por favor”.

Na última sexta-feira (6), Diogo revelou que o irmão fez “fisioterapia, terapia ocupacional, iniciou a robótica e teve um dia bem lúcido”. Rodrigo, inclusive, teria lembrado de várias coisas e está cada vez mais consciente e entendendo tudo que aconteceu. “Ele é um milagre”, declarou o rapaz. Viva!

Rodrigo Mussi
Reprodução/Instagram

Família decide processar motorista do acidente de Rodrigo Mussi

Um dos irmãos de Rodrigo Mussi, não aceitou o inquérito policial e entrou com uma representação criminal contra o motorista Kaique Reis, de 24 anos. De acordo com o site Splash Uol, na última quarta-feira (4), a informação foi confirmada pelo delegado Júlio Geraldo, titular do 51º Distrito Policial de São Paulo.

A ação proposta pede que o inquérito policial se torne uma ação penal via denúncia apresentada para o Ministério Público. Júlio, no entanto, não confirmou qual dos dois irmãos de Mussi, Diogo ou Rafael, entrou com o processo: “A polícia afirma que ele foi imprudente em assumir jornadas excessivas de trabalho e não cuidar desta questão dos acidentes. Ele causou outros semelhantes anteriormente”.

Kaique Reis não foi indiciado por ser uma medida permitida em pena de lesão corporal culposa. Ele foi considerado “imprudente” e com excesso de jornada de trabalho.

 

Veja também: Vitão sofre ataques por redescoberta da sexualidade e recebe apoio

 

5/5 - (1 vote)

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.