Internacional atropela a lanterna Chapecoense com hatch trick de Yuri Alberto

Colorado está em sétimo lugar na classificação, perto da zona de Libertadores

0

A Chapecoense foi goleada pelo Internacional por 5 a 2 na manhã deste domingo (10), no estádio do Beira-Rio, me Porto Alegre, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com esse resultado, o time catarinense, comandado pelo técnico Pintado, fecha a rodada com 12 pontos, na lanterna, 14 pontos atrás do primeiro time fora da zona de degola.

Enquanto isso, o Colorado, sob comando do técnico uruguaio Diego Aguirre, fecha a rodada em sétimo lugar, com 36 pontos, um atrás do Corinthians, que fecha o G-6 da Libertadores, mas ainda com um jogo a menos.

Agora, na próxima rodada, a Chape volta a jogar na quarta-feira (13), quando recebe o Athletico Paranaense, a partir das 19h, na Arena Condá.

Por sua vez, o Inter joga no mesmo dia, novamente em casa, quando recebe o América Mineiro, a partir das 21h30.

O jogo

O Internacional começou o jogo com tudo e, logo no primeiro minuto, Maurício mandou um chute rasteiro na trave, a bola voltou, o goleiro defendeu o rebote de Patrick mas, na sobra, Yuri Alberto mandou para o gol, fazendo 1 a 0.

Mas, logo em seguida, aos 3min, Bruno Silva quase empatou para a Chape, em chute que Daniel fez uma defesa espetacular.

No entanto, aos 5min, Taison recebeu na direita, mandou cruzado para o gol, fez 2 a 0 e ampliou a vantagem colorada.

Foi o primeiro gol de Taison com presença de torcida no Beira-Rio desde 2010, aproveitando o contra-ataque.

Com a grande vantagem, o Colorado passou a administrar o resultado, enquanto a Chapecoense ia desesperada para o ataque, mas sem conseguir mais levar tanto perigo.

Enquanto isso, a torcida do Inter fazia a festa no estádio, vendo o time conquistar um bom resultado.

Mas o tempo ia passando e o time catarinense não conseguia esboçar reação. Só dava Inter, que ainda criava mais chances de gol.

Assim, aos 35min, Yuri Alberto recebeu belo passe na área e mandou para o gol: 3 a 0, segundo dele no jogo.

Logo em seguida, aos 39min, em nova falha defensiva da Chape, Yuri Alberto empurrou para o gol e fez o quarto do Inter, com o terceiro dele no jogo: 4 a 0.

E, antes do intervalo, em jogada pela esquerda, Yuri Aberto fechou na pequena área e mandou para o gol. Mas o quinto gol foi anulado com auxílio do VAR, pois teve falta na origem do lance.

Segundo tempo

Depois do intervalo, o Inter voltou com três alterações, inclusive com Yuri Alberto deixando o time no intervalo.

Logo aos 2min, quase marcou o quarto gol em falta cobrada por Victor Cuesta, que obrigou o goleiro a fazer boa defesa.

Embora a Chape tivesse em desvantagem, não conseguia mais ameaçar. E o Inter comandava as ações, ficava mais no campo de ataque.

Com isso, aos 12min, após cobrança de escanteio pela esquerda, Matheus Cadorini, que entrou na etapa final, fez o quinto gol colorado, de cabeça, o primeiro dele entre os profissionais.

Mas, aos 15min, a Chapecoense descontou com Mike, dentro da grande área: 5 a 1.

Enquanto o Inter diminuiu o ritmo, a Chape foi para cima e, aos 35min, com Mike, marcou o segundo gol dos catarinenses, diminuindo um pouco o vexame.

Leia também: Renato Gaúcho crava que Flamengo segue firme na briga pelo título brasileiro

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.