Imposto de Renda: faltam 10 dias para encerrar o prazo!

0

O prazo de declaração do imposto de renda termina no dia 31 de maio. Com isso, os declarantes tem apenas 10 dias para colocar os documentos na mesa e fazer suas declarações à Receita Federal. Para isso, é preciso ter os documentos corretos, além de entender como fazer a sua declaração sem medo de errar.

Vale lembrar que informações erradas na declaração do imposto de renda podem gerar multas e encargos para você. Por isso, é preciso preencher os dados corretamente, além de colocar demais informações, como investimentos e a sua renda, caso seja CLT.

Como declarar o imposto de renda?

Se você esqueceu de começar a sua declaração e está perdido, o primeiro passo é ter calma! Isso porque o nervosismo pode fazer com que você erre o seu imposto de renda e não é isso que você quer. Além disso, é importante ressaltar que existem três formas diferentes de fazer a sua declaração do imposto de renda.

A primeira forma é a mais simples de todas. Basta entrar em contato com um contador de confiança. Com isso, esse profissional pedirá alguns documentos fundamentais para a sua declaração, além de orientá-lo no sentido de ver documentos adicionais que podem aumentar a sua restituição.

A segunda forma é através do programa da Receita Federal ou do site. Para isso, você deve começar a sua declaração do zero, preenchendo todos os campos solicitados pelo programa. Ainda, é preciso que você veja todos os documentos importantes para a sua declaração, como informes de rendimentos da sua empresa, dos seus investimentos e também das instituições financeiras que você usa.

Por último, a forma mais fácil de declarar o imposto de renda é usando o preenchimento automático. Nessa funcionalidade, a Receita preenche os campos automaticamente para você, com os dados que ela possui. Contudo, vale lembrar que, mesmo assim, você precisa analisar esses dados.

Imposto de Renda 2022: 10,8 milhões ainda não entregaram
Imposto de Renda 2022: mais de 10 milhões não enviaram declaração.
(Imagem: Agência Brasil).

Quais são os dados mais importantes?

Tudo que você possui de renda que se encaixe nos campos do imposto de renda é, na verdade, importante. Contudo, existem alguns documentos que são especialmente relevantes para que você consiga declarar o máximo possível de ativos sob sua posse. Contudo, é importante lembrar que cada caso é um caso.

Dessa forma, o primeiro documento a ser preenchido é o seu informe de rendimentos do seu salário. Nesse documento, você informará à Receita Federal o seu salário e todos os seus rendimentos extras. Posteriormente, é hora de analisar os seus documentos de investimentos e contas digitais. Para obtê-los, basta pedir o informe de rendimentos nessas instituições. Cada tipo de investimento possui uma forma de declaração, conforme falamos aqui.

Para quem tem imóveis, também existem alguns documentos importantes para declarar os seus bens. Além disso, vale lembrar que quem é MEI também precisa declarar imposto de renda. Contudo, ele funciona de uma forma um pouco diferente, como você pode ler aqui.

O prazo de declaração finaliza no dia 31 de maio. Quem não fizer a declaração até esse dia paga multa e precisa fazer a declaração do mesmo jeito. Por isso, é importante se atentar ao prazo!

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.