Ilha no sul da Itália é atingida por tornado

0

Na última sexta-feira, 10, a ilha de Pantelleria, na região entre Sicília e a costa da Tunísia, na Itália, foi surpreendida por um tornado que deixou sérias consequências. O ocorrido resultou na morte de duas pessoas, além de deixar outros nove italianos feridos. 

 

Ilha no sul da Itália é atingida por tornado
Ilha no sul da Itália é atingida por tornado. (Imagem: Reprodução/IG)

 

As informações foram repassadas pela defesa civil italiana, a qual também informou que o redemoinho provocou o capotamento de dez carros, sendo que um deles caiu completamente amassado no meio do campo. O evento foi confirmado pelo prefeito de Pantelleria, Vicenzo Campo, que deu a seguinte declaração:

“Certamente foi um tornado que envolveu casas e até vários carros. Ainda estamos avaliando o que aconteceu”, mencionou o político italiano em acompanhamento às ações de resgate.

Dos dois mortos identificados, um deles se tratava de um bombeiro, mas que não estava em serviço, de acordo com a France Presse. Ao avistar o ocorrido, o motorista de uma ambulância que estava nas proximidades narrou o momento como, “um espetáculo apocalíptico”. 

Na oportunidade, a Defesa Civil fez um comunicado virtual utilizando a página no Facebook, informando que quatro pessoas estão em estado grave e seguem em acompanhamento médico. O número de vítimas do tornado é grande e segue sendo apurado, com chances de haver um crescimento no número de vítimas de acordo com o avanço das buscas que também têm o objetivo de encontrar cidadãos desaparecidos. 

Um helicóptero foi disponibilizado pelo serviço de emergência local para que interviesse nas buscas partindo da ilha de Lampedusa. Em complemento, o socorrista que também prestou socorro no distrito de Campobello após os estragos do tornado, deu um relato retratando a cena como ‘apocalíptica’. 

A ilha de Pantelária, principal afetada pelo tornado, é popularmente conhecida como a “pérola negra do Mediterrâneo’, em virtude das falésias de pedra vulcânica e fontes de águas termais. As condições climáticas provocadas pelo tornado também provocaram graves danos à costa de uma segunda ilha turística bastante famosa na Itália, situada entre o norte da África e a Sicília. 

É importante mencionar que o tornado surgiu no mar e, em questão de segundos chegou a proporções extremas capaz de atingir casas e carros que trafegavam pela estrada principal da ilha. No dia seguinte, sábado, 11, o departamento local da Defesa Civil emitiu um alerta meteorológico para a região. 

Como os tornados são formados?

Os tornados são fenômenos tipicamente continentais, sendo formados devido à chegada de frentes frias em regiões onde o ar está mais quente e instável. Estas condições climáticas são favoráveis ao desenvolvimento de uma tempestade que, por consequência, causa uma espécie de ciclone. 

É bastante comum que algumas regiões sejam mais propícias que outras quanto à formação de tornados, já que o clima possui aspectos mais favoráveis a este fenômeno. Normalmente, os tornados aparecem mais nos Estados Unidos da América (EUA) e em determinados países da América do Sul, como o Uruguai, Argentina e o sul do Brasil.

Os tornados se formam da seguinte forma:

1 – A massa de ar frio forma uma “tampa” sobre a massa de ar quente próxima ao solo, impedindo a formação de nuvens. Com a entrada de uma frente fria ou pelo aquecimento excessivo da faixa de ar próxima ao solo, o ar quente rompe a tampa e invade a massa de ar frio.

2 – O ar quente sobe e se expande, com velocidade que pode chegar a 250 KM/h. A instabilidade na atmosfera pode fazer com que o movimento de expansão ocorra em forma espiral.

3 – Umidade condensada cai em forma de chuva. Com a evaporação, o tornado se forma abaixo da “tampa” em área onde não há chuva. Ao contrário dos furacões, os tornados são compactos e de curta duração.

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.