Ibovespa sobe em meio à expectativa de alta dos juros nos EUA

Rendimento de títulos públicos dos EUA dispara nesta terça (18) e tira investidores das bolsas globais, mas commodities e bancos impulsionam Ibovespa

0

O Ibovespa fechou a sessão desta terça-feira (18) em alta de 0,28%, a 106.668 pontos. Com o acréscimo desse avanço, o principal índice da Bolsa Brasileira aumentou os ganhos em 2022 para 1,76%.

No pregão, os investidores se mostraram ainda mais certos sobre o aumento dos juros nos Estados Unidos em março. Isso porque a taxa de dez anos dos títulos americanos, tida como referência mundial para decisões de investimentos, tocou uma máxima de dois anos no pregão desta terça.

Além disso, o rendimento do Treasury de dois anos (título da dívida pública dos EUA) superou 1% pela primeira vez desde fevereiro de 2020, último mês antes da decretação da pandemia da Covid-19. Nesse caso, o Treasury reflete as expectativas de curto prazo em relação aos juros nos EUA.

Na verdade, o Federal Reserve (Fed), banco central dos Estados Unidos, já informou que os estímulos na economia do país chegarão ao fim em março. E o mês também deve trazer a primeira alta da taxa básica de juros do país desde a decretação da pandemia.

Em resumo, esse cenário não é positivo para as bolsas globais, incluindo o Ibovespa, pois os títulos americanos são considerados os ativos mais seguros do mundo. Com a elevação dos juros, ainda irão oferecer maior rentabilidade.

Ou seja, a busca por ativos de risco durante a pandemia, impulsionada pela injeção de US$ 120 bilhões por mês, deverá cair expressivamente. Por outro lado, os investidores voltarão a buscar os ativos dos EUA, que ficaram um pouco de lado durante a crise sanitária devido ao rendimentos de ativos de países emergentes, por exemplo.

47 das 93 ações do Ibovespa caem nesta terça

Nesta terça, o resultado do Ibovespa poderia ter sido negativo. Contudo, as ações relacionadas a commodities, que não sofrem com a elevação de juros nos EUA, avançaram na sessão. Da mesma forma, os bancos também tiveram um bom resultado, visto que podem se dar bem com os juros mais altos.

Esses papéis impediram a queda do Ibovespa nesta terça, pois possuem um peso maior na carteira do índice. Ao todo, entre compras e vendas, as ações do indicador movimentaram R$ 20 bilhões nesta terça, em linha com a média diária de 2022.

Entre os avanços do dia, os mais expressivos vieram de: Petro Rio ON (+4,82%), Cogna ON (+3,69%), Gerdau PN (+3,40%), BB Seguridade ON (+3,25%) e Yduqs Participações ON (+2,94%).

Em contrapartida, os tombos mais intensos foram de: Locaweb ON (-10,61%), Inter Banco unit (-10,43%), Alpargatas PN (-7,88%), BRF ON (-5,78%) e Grupo Natura ON (-4,66%).

Leia Mais: Dólar sobe nesta terça (18) com protesto de servidores no radar

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.