Ibovespa inicia semana com alta firme em dia sem CPI da Covid

Trabalhos da CPI voltam nesta terça (13); investidores aproveitaram bom humor do exterior e buscaram descontos na bolsa neste pregão

0

Há quem diga que a CPI da Covid vem enfraquecendo as negociações na bolsa de valores brasileira. Isso porque cada sessão da comissão traz novos fatos que mostram, no mínimo, falta de atenção e omissão do governo federal em relação ao enfrentamento da pandemia da Covid-19. E um dos resultados desta atuação desastrosa do governo vem afetando o Ibovespa, com constantes quedas nos últimos pregões.

É claro que, para muitos, o dinheiro move o mundo, e os operadores não deixaram de querer aumentar suas fortunas. Também é certo que o cenário político, apesar de importante, não tem poder suficiente para definir se o Ibovespa subirá ou cairá nas sessões. No entanto, os desdobramentos da CPI estão se mostrando realmente fortes em relação às ações da bolsa brasileira.

Nesta segunda-feira (12), o Ibovespa subiu 1,73% e atingiu 127.594 pontos, maior nível em dez dias. O forte avanço aconteceu, principalmente, porque os trabalhos da CPI não aconteceram hoje. Contudo, voltam amanhã, e isso já liga o sinal de alerta para um possível tombo do índice no pregão.

A questão é que a imagem do governo Bolsonaro se desgasta mais a cada dia que se passa. Os depoentes da CPI mostram que o governo não agiu como e quando deveria para evitar as mortes dos brasileiros pela Covid-19. Além disso, escândalos de corrupção na compra de vacinas contra o novo coronavírus estão recheando os depoimentos mais recentes na comissão.

Agora, resta saber se o cenário político caótico do Brasil, com o presidente Jair Bolsonaro afirmando recorrentemente que as próximas eleições para presidente do país podem não ocorrer, continuará afetando fortemente o Ibovespa como o tem feito nos últimos pregões.

Apenas 6 das 84 ações do Ibovespa caem nesta segunda

Deixando a CPI da Covid de lado, os investidores aproveitaram a sessão para buscar descontos. Na verdade, eles aproveitaram o bom humor externo para pechinchar. E o resultado foi bastante positivo para o Ibovespa, com apenas seis das 84 ações caindo no dia. Aliás, entre compras e vendas, os papéis do índice movimentaram R$ 19 bilhões no pregão, valor bem menor que a média diária de 2021, de R$ 24 bilhões.

Deixando o pessimismo de lado, as ações dispararam nesta segunda. A saber, os avanços mais expressivos do dia vieram de: Embraer ON (8,18%), CVC ON (7,29%), CSN ON (6,17%), Cosan ON (6,00%) e JHSF ON (4,91%). O destaque ficou para o setor de turismo, que mostrou animação com a aceleração da vacinação contra a Covid no estado de São Paulo e em diversas outras regiões do país. A expectativa é que a retomada econômica se fortaleça.

Em contrapartida, as únicas quedas do dia foram as seguintes: Carrefour Brasil ON (-1,06%), Marfrig ON (-0,90%), Suzano ON (-0,87%), Via Varejo ON (-0,81%), PetroRio ON (-0,72%) e PDA ON (-0,03%).

Leia Mais: Apenas 27,8% dos fundos imobiliários têm retorno positivo no semestre

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.