IBGE cancela novamente processo seletivo para o Censo 2022

Contrato com o Cebraspe chega ao fim nesta segunda e não será prorrogado; IBGE devolverá taxas de inscrições já efetuadas

0

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) cancelou novamente o processo seletivo para o Censo 2022. O concurso tem o objetivo de contratar recenseadores e agentes censitários para o Censo Demográfico, que será realizado no próximo ano.

De acordo com o IBGE, a razão para esse cancelamento é a finalização do contrato com o Cebraspe. Em resumo, o contrato se encerra nesta segunda-feira (18) e não será prorrogado. E, como o Cebraspe realizaria o processo seletivo, o IBGE optou pelo cancelamento do concurso.

O processo seletivo para preencher “as funções de recenseador, agente censitário municipal e agente censitário supervisor, que estava suspenso, passará à condição de cancelado”, explicou o IBGE. Em suma, o Censo iria ocorrer em 2020, mas o IBGE cancelou o processo devido à pandemia da Covid-19.

Em abril deste ano, o concurso acabou suspenso devido à aprovação do Congresso Nacional para o Orçamento da União em 2022. Com o novo orçamento, o valor destinado para a pesquisa passou de R$ 2 bilhões para apenas R$ 71 milhões. Isso acabou inviabilizando a realização do concurso, segundo o IBGE.

Governo elevará recursos para o Censo 2022 do IBGE

A saber, governo federal informou ao Supremo Tribunal Federal (STF) no último dia 14 que o Ministério da Economia enviará ao Congresso um pedido para elevar os recursos para o Censo Demográfico em 2022. Em síntese, haverá a reserva de R$ 2,3 bilhões para o processo seletivo, segundo a Advocacia-Geral da União (AGU).

Vale destacar que o STF determinou ao governo federal em maio deste ano que tomasse as medidas necessárias para realizar o Censo em 2022. Por lei, a pesquisa deve acontecer a cada dez anos, e a última vez que ocorreu foi em 2010.

Em nota, o IBGE informou que divulgará os procedimentos para devolução das taxas de inscrições já efetuadas nos seus canais. Além disso, o órgão afirmou que busca uma nova empresa para realizar o processo seletivo.

Por fim, o concurso previa a abertura de 204 mil vagas. Em resumo, 181.898 vagas eram para a função de Recenseador, 5.450 vagas para a função de Agente Censitário Municipal e 16.959 vagas para a função de Agente Censitário Supervisor.

Leia Mais: Produção industrial dos EUA recua 1,3% em setembro, aponta Fed

Avalie o Artigo:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.